00:42 22 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Civis saem de Raqqa através do corredor aberto pelas Forças Democráticas da Síria.

    Comandante da operação em Raqqa: salvamos milhares de vidas

    © Sputnik / HIKMET DURGUN
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 11
    Nos siga no

    A segunda etapa da operação para libertar Raqqa iniciada pelas Forças Democráticas da Síria (SDF), que integram as forças curdas YPJ (Unidades Femininas de Proteção), resultou na retomada de mais de 15 povoações nos arredores de Raqqa.

    Segundo as fontes nas SDF, durante a primeira etapa, que começou em 5 de outubro, o Daesh teve de sair de 60 povoações, um território de 700 quilômetros quadrados com diversos montes estratégicos. A segunda etapa, iniciada em 10 de dezembro, conta com 1500 combatentes árabes oriundos de Raqqa. Atualmente, nos arredores ocidentais de Raqqa estão em andamento combates intensos entre as SDF e terroristas do Daesh.

    A comandante da subdivisão feminina das forças curdas YPJ, porta-voz do comando da operação em Raqqa, Cihan Sex Ehmed, comentou a situação para a Sputnik Turquia:

    "A operação para libertar Raqqa passa de acordo com o previsto. Nossas forças avançam a bom ritmo. Durante a operação, reconquistámos ao Daesh várias vilas nos arredores de Raqqa. Na véspera, conseguimos reconquistar mais três vilas na região de Kadiri. Nos combates intensos, nossas forças eliminaram muitos terroristas do Daesh. Os jihadistas sofrem grandes perdas. Ontem (13), conseguimos impedir um atentado que visava as posições das SDF, fizemos explodir um carro-bomba antes de este atingir seu alvo".

    Porta-voz do comando da operação em Raqqa, Cihan Sex Ehmed
    © Sputnik / HIKMET DURGUN
    Porta-voz do comando da operação em Raqqa, Cihan Sex Ehmed

    Ehmed também destacou que, graças ao corredor organizado pelas forças, milhares de civis na região de Raqqa foram salvos:

    "O Daesh usa os civis como escudo vivo, por isso impedem que as pessoas fujam do território das ações militares. Em particular, os jihadistas disparam contra aqueles que tentam abandonar a região. Na véspera, conseguimos abrir um corredor, através do qual milhares de civis nas vilas na vizinhança conseguiram salvar-se, fugindo à zona de confrontos. Eles foram deslocados para campos de refugiados em território seguro".

    Duas militantes das forças femininas YPJ
    © Sputnik / HIKMET DURGUN
    Duas militantes das forças femininas YPJ

    Mais:

    Bombardeios da coalizão liderada pelos EUA matam 20 civis sírios em Raqqa
    EUA anunciam criação de grupo rebelde de elite para combater em Raqqa
    Tags:
    Unidades Femininas de Proteção (YPJ), Daesh, Raqqa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar