15:41 19 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Os sírios andam pelas ruas com prédios desmoronados, ao fugirem aos confrontos entre as forças do governo e os rebeldes, no Leste de Aleppo

    Ônibus para evacuação foram bombardeados em Aleppo

    © REUTERS / Abdalrhman Ismail
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Crônicas de Aleppo libertada (64)
    509

    O bairro de Salaheddin em Aleppo, onde ônibus estão esperando o último grupo de militantes para os retirar da cidade, foi atacado com fogo de morteiros, informa o correspondente da RIA Novosti em Aleppo.

    No bairro de Salaheddin explodiram duas granadas. O primeiro projetil rebentou perto do estádio esportivo, no local onde está a coluna de ônibus, o segundo — à saída da cidade.

    A partir do bairro de Ameria, militantes abriram fogo usando armas ligeiras contra posições do exército sírio apesar do acordo de cessar-fogo.

    "Os militantes abriram fogo quase de todas as partes de Ameria. Mas nós não respondemos à provocação cumprindo ordens de cima", afirmou um oficial do exército sírio à RIA Novosti.

    Tema:
    Crônicas de Aleppo libertada (64)

    Mais:

    Lavrov: especialistas independentes não confirmam dados sobre atrocidades em Aleppo
    Quase 6 mil civis são retirados em um dia das áreas de Aleppo controladas por terroristas
    Ataque terrorista a Palmira visava 'minar a vitória de Aleppo', diz presidente
    Obama pede medidas para diminuir violência em Aleppo
    Fonte na Síria revela plano de retirada dos terroristas e seus familiares de Aleppo
    Tags:
    ataques terroristas, militantes sírios, Bombardeiro, ônibus, Salahuddin, Aleppo, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar