17:02 13 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Moradores fogem do bairro de al-Salihin, na zona leste de Aleppo, em 12 de dezembro de 2016

    França convoca Conselho de Segurança para discutir 'crimes de guerra' em Aleppo

    © AFP 2017/ GEORGE OURFALIAN
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Crônicas de Aleppo libertada (64)
    18115

    A França pediu uma resolução imediata do Conselho de Segurança da ONU para discutir as supostas atrocidades cometidas no leste de Aleppo, na Síria, segundo disse o ministro das Relações Exteriores francês, Jean-Marc Ayrault, nesta terça-feira (13).

    "Em face de alegações de exceções em Aleppo, a França pede uma reunião do Conselho de Segurança da ONU", disse Ayrault em sua conta no Twitter. 

    ​O chanceler havia dito anteriormente ao canal de televisão LCI que a reunião, que deve ocorrer o mais rapidamente possível, deve discutir os possíveis crimes de guerra e crimes contra a humanidade que estariam sendo realizados na cidade síria, e que uma investigação da ONU deve começar imediatamente para determinar os culpados.

    O porta-voz do Ministério da Defesa russo, major-general Igor Konashenkov, disse nesta terça que "em Aleppo oriental não foi encontrada nenhuma 'oposição', 'conselhos locais' ou organizações humanitárias não-governamentais que defendem os 'valores ocidentais', tão apreciados por Londres e outras capitais, como os 'capacetes brancos', associações de médicos ou defensores dos direitos humanos".

    "Todas as declarações feitas a partir das altas tribunas ocidentais com referências a 'mensagens dos ativistas', assim como os 'filmes' sobre alegados 'bombardeios russos', 'fuzilamentos' e outras encenações, foram filmados por grupos de televisão especiais de militantes. Por que foram eles aceitos pela mídia com prazer e sem controle – são eles que têm de responder. E faço uma recomendação – não acreditar na propaganda dos terroristas", frisou Konashenkov. 

    Tema:
    Crônicas de Aleppo libertada (64)

    Mais:

    Depois da libertação de Aleppo, exército sírio vai para o ocidente
    Crônicas de Aleppo libertada: evacuação da zona leste continua, militantes entregam armas
    Exército sírio declara vitória em Aleppo
    Mais de 13 mil civis são evacuados de Aleppo em um dia
    Tags:
    crise humanitária, crimes contra a humanidade, crimes de guerra, reunião, Conselho de Segurança da ONU, Igor Konashenkov, Jean-Marc Ayrault, Aleppo, Rússia, Síria, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik