13:00 11 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Militares do exército sírio

    Depois da libertação de Aleppo, exército sírio vai para o ocidente

    © Sputnik/
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Crônicas de Aleppo libertada (64)
    0 271

    "Nos próximos dias, o exército sírio vai libertar aldeias a oeste da cidade", comunicou hoje à Sputnik Árabe uma fonte militar. Antes da realização da ofensiva, o exército sírio da área das fábricas militares libertará as aldeias de Dar Aza, Jabal Kabtan e Tel al-Karama e a cidade de Al-Tarib.

    Segundo a fonte, o exército sírio está realizando a libertação dos bairros Sukkari e Salah al-Din. Os moradores vão até os militares, pedindo-os para eliminar os terroristas que vieram de outras regiões e que continuam causando danos aos cidadãos, disse a fonte.

    De acordo com ativistas locais, cerca de 100 mil moradores de Aleppo esperam pela libertação de pequenas ocupações regionais.

    "A maioria das pessoas em Aleppo oriental disse que os terroristas ameaçaram matá-los ou mutilá-los caso tentassem sair do território ocupado pelos terroristas", disse à Sputnik Árabe uma das testemunhas de Aleppo. Ele presenciou o espancamento de muitos que tentaram fugir das mãos dos terroristas.

    O ativista Aleppo ressaltou que as pessoas, que saíram da zona leste de Aleppo, estavam muito cansadas e esgotadas. A maioria era composta por mulheres com crianças e idosos. Agora o governo está tentando ajudá-los a se recuperar.

    Tema:
    Crônicas de Aleppo libertada (64)

    Mais:

    Crônicas de Aleppo libertada: evacuação da zona leste continua, militantes entregam armas
    Exército sírio declara vitória em Aleppo
    Libertação de Aleppo pode ser anunciada dentro de poucas horas, garante político sírio
    Tags:
    testemunhas, terroristas, Guerra Civil Síria, Sputnik, Leste de Aleppo, Aleppo, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik