23:55 19 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Crônicas de Aleppo libertada (64)
    1101
    Nos siga no

    O exército sírio estabeleceu controle de 96% do território de Aleppo, informou o porta-voz do Ministério da Defesa russo, general-major Igor Konashenkov, durante um briefing.

    A área total de bairros na zona leste da cidade, onde permanecem os militantes, não supera 8,5 quilômetros quadrados.

    Segundo ele, nas últimas 24 horas, as forças do governo sírio libertaram outros cinco bairros de Aleppo oriental: Karim-Nazakha, Hara-Ash-Shadjadin, Seikh Saeed, Karim Hum e Al-Makamat.

    Ao mesmo tempo, Konashenkov informou que, até o momento, 2.215 militantes – controlados pelo governo sírio, entregaram suas armas. De acordo com a decisão tomada pelo presidente sírio Bashar Assad, 2.137 foram inocentados.

    Enquanto isso, os militares do Centro internacional de desminagem continuam desativando minas nos bairros de Aleppo oriental, libertados de militantes.

    "Até agora, os nossos militares desminaram mais de 31 hectares do terreno urbano, 18 quilômetros de rodovias, detectaram e neutralizaram 1389 artefatos explosivos", acrescentou Konashenkov.

    Segundo o porta-voz russo, 37 propriedades sociais de Aleppo foram completamente limpos de objetos explosivos.

    Uma parte dessas propriedades — hospitais, mesquitas e escolas – foi usada por militantes como postos de controle, depósitos de munições e fábricas de produção de mísseis caseiros.

    Tema:
    Crônicas de Aleppo libertada (64)

    Mais:

    Mais de 13 mil civis são evacuados de Aleppo em um dia
    Rússia ainda não alcançou acordo com EUA sobre saída de terroristas de Aleppo
    Veja como civis deixam Aleppo através de corredor humanitário
    Tags:
    exército sírio, libertação, militantes, explosivos, mísseis, desminagem, Ministério da Defesa (Rússia), Igor Konashenkov, Bashar Assad, Rússia, Síria, Aleppo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar