22:05 23 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Cidade de Khan al-Shih veio sob o controle completo das autoridades sírias

    Levantamento das restrições ao fornecimento de armas agravará situação na Síria

    O Serviço de imprensa do Ministério de Defesa russo
    Oriente Médio e África
    URL curta
    7211

    O levantamento pelos EUA das restrições formais ao fornecimento de armas, munições e equipamento militar para os aliados ocidentais na luta com o terrorismo na Síria visa provocar uma nova escalada da tensão neste país, disse o vice-chefe do Comitê de Defesa da Duma de Estado, Yury Shvytkin.

    De acordo com o serviço de Imprensa da Casa Branca, o presidente dos EUA, Barack Obama, na quinta-feira (8) levantou as restrições formais ao fornecimento de armas, munições e equipamento militar para os aliados dos EUA envolvidos na luta contra o terrorismo na Síria.

    "Eu acho que isto é um passo com um determinado objetivo, a criação de uma escapatória legal para armar a oposição moderada. E, claro, sob o pretexto do armamento da oposição moderada na luta contra o Daesh, também indiretamente o armamento dos terroristas", disse o deputado a RIA Novosti nesta sexta-feira (9).

    De acordo com ele, há numerosos casos em que, sob o pretexto de a oposição moderada estar lutando contra o terrorismo, "na verdade, acontece exatamente ao contrário e o resultado disso é o recente ataque de morteiro contra o nosso hospital militar."

    "Claro que este passo provoca perplexidade, e claramente, ele visa provocar, do meu ponto de vista, uma nova escalada da tensão na luta contra o terrorismo na República da Síria", acrescentou Shvytkin.

    Mais:

    Obama autoriza apoio militar a forças estrangeiras e irregulares na Síria
    EUA: desde 2014, coalizão eliminou ao menos 50 mil terroristas na Síria e no Iraque
    Coalizão liderada pelos EUA media negociações entre Turquia e curdos da Síria
    Chechênia desmente envio de tropas especiais para a Síria
    Tags:
    armamento, fornecimento, armas, deputado, terrorismo, Guerra Civil Síria, RIA Novosti, Daesh, Duma de Estado, Barack Obama, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar