23:16 23 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Prédio do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Moscou

    Moscou aguarda sugestões da Palestina e Israel sobre reunião entre Abbas e Netanyahu

    © Sputnik / Oleg Shipov
    Oriente Médio e África
    URL curta
    321

    O vice-chanceler russo, Mikhail Bogdanov, anunciou na quinta-feira (08) que a Rússia está esperando propostas das datas concretas da cúpula entre a Palestina e Israel em Moscou.

    O anúncio foi feito durante o discurso de Bogdanov na 10ª Convenção da Associação Russa de Estudos Internacionais "25 anos da política externa da Rússia".

    "A proposta do presidente russo, Vladimir Putin, sobre a organização da cúpula entre a Palestina e Israel com a participação do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, e do presidente palestino, Mahmoud Abbas, ainda está à mesa das discussões", destacou o diplomata russo.

    Segundo Bogdanov, "ambas as partes expressaram interesse neste evento".

    "Estamos aguardando as propostas deles quanto aos prazos mutuamente convenientes", ressaltou.

    O vice-chanceler enfatizou que as relações entre a Rússia e Israel se encontram no topo do seu desenvolvimento.

    Segundo ele, o presidente Putin e o primeiro-ministro Netanyahu conversam por telefone regularmente.

    "Neste ano, a dinâmica dos contatos bilaterais foi extremamente alta", revelou Bogdanov.

    "O governo russo atribui uma grande importância ao fortalecimento da cooperação na área de economia e de investimentos com Israel. No entanto, a estatística do intercâmbio comercial não é muito favorável, mesmo Israel sendo um dos nossos maiores parceiros econômicos na região", assinalou o vice-chanceler.

    Mais:

    Israel nega visto a ativista por envolvimento em ações contra o país
    Mísseis da Força Aérea de Israel atingem subúrbio de Damasco
    Tags:
    economia, investimentos, propostas, discussão, conferência, Ministério das Relações Exteriores, Benjamin Netanyahu, Mahmoud Abbas, Vladimir Putin, Palestina, Israel, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik