22:17 10 Dezembro 2016
Ouvir Rádio
    Ministro das Relações Exteriores da Rússia Sergei Lavrov durante uma coletiva de imprensa após reunião com seu homólogo turco Mevlut Cavusoglu, 1 de dezembro de 2016

    Lavrov: Rússia ajuda governo sírio a evitar bloqueio à saída de civis de Aleppo

    © Sputnik/ Maksim Blinov
    Oriente Médio e África
    URL curta
    159840

    A Rússia ajudou o governo sírio a não permitir o bloqueio dos civis em Aleppo oriental, anunciou o ministro das Relações Exteriores da Rússia Sergei Lavrov.

    "Nós ajudamos o governo sírio a impedir as tentativas dos terroristas para bloquearem a saída de civis do leste de Aleppo e mesmo a saída dos militantes que estavam dispostos para sair das posições dominadas pela Frente al-Nusra (grupo terrorista proibido na Rússia)", sublinhou Lavrov.

    O ministro acrescentou que "já várias centenas de civis conseguiram sai de lá, incluindo cerca de 500 militantes de vários grupos que romperam com a Frente al-Nusra".

    Segundo Lavrov, Washington fracassou completamente na tarefa de delimitar a oposição moderada síria dos terroristas:

    "Eles (os americanos) deixaram fracassar completamente a tarefa que assumiram – delimitar os oposicionistas moderados da Frente al-Nusra. Essa tarefa está sendo realizada agora como situação de facto", destacou Lavrov.

    Ao comentar a reação dos parceiros do Ocidente à libertação de Aleppo oriental, o ministro ressaltou que "eles acalmaram ultimamente".

    "Talvez eles tenham compreendido que a situação no leste de Aleppo não é nada diferente da situação em Mossul, no Iraque", opina o chanceler russo.

    "No momento o Ocidente está pedindo para que os civis abandonem Mossul devido à necessidade de libertar essa cidade dos terroristas. O exército sírio tem a mesma tarefa – com o nosso apoio – no que diz respeito à libertação de Aleppo dos terroristas", frisa Lavrov.

    O ministro considera que nesta situação se trata de padrões duplos: os terroristas, tanto em Mossul, como em Aleppo, usam civis como escudo humano, um fato que é evidente para os observadores isentos.

    Mais:

    Pentágono: libertação de Aleppo por forças de Assad não ajuda a combater Daesh
    Ministério da Defesa russo explica para onde fogem os civis de Aleppo
    Tags:
    oposição moderada, militantes, bloqueio, civis, saída, Frente al-Nusra, Ministério das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, Aleppo, Mossul, Síria, Ocidente, EUA, Washington, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Em foco