22:18 10 Dezembro 2016
Ouvir Rádio
    Tanques do exército da Turquia perto da fronteira síria

    Vice-premiê da Turquia destaca papel da Rússia no sucesso da operação turca na Síria

    © AFP 2016/ BULENT KILIC
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Operação militar turca na Síria (51)
    4201528

    O progresso das relações russo-turcas contribuiu para os avanços da operação militar Escudo do Eufrates, realizada pela Turquia na Síria.

    A declaração foi feita pelo vice-primeiro-ministro turco, Nurettin Canikli.

    "Não teríamos conseguido realizar a operação de maneira tão bem-sucedida se [as relações] não tivessem evoluído de forma tão favorável com a Rússia", destacou Canikli em entrevista à agência TGRT.

    Vale ressaltar que a Rússia e a Turquia continuam fortalecendo a relação bilateral após a piora nas relações em novembro de 2015, quando um caça turco abateu um avião militar russo Su-24 que estava retornando à sua base para bombardear alvos terroristas na Síria.

    Os primeiros passos rumo à normalização dos contatos bilaterais foram empreendidos em 27 de junho deste ano depois de o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, ter pedido desculpas à Rússia pelo abate do avião russo.

    Posteriormente, ambos os países restabeleceram cooperação, em particular, no âmbito do projeto Corrente Turca, acordo intergovernamental celebrado em 10 de outubro. O projeto prevê a construção de duas artérias de gasoduto, que passarão pelo fundo do mar Negro, para exportar gás russo à Turquia.

    Além disso, a Rússia e a Turquia mantêm contatos permanentes embasados na coordenação de esforços conjuntos para pôr um fim no grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia e em vários outros países).

    Tema:
    Operação militar turca na Síria (51)

    Mais:

    Kremlin: Putin e Erdogan conversaram sobre Síria
    Irã repreende Erdogan por declarações sobre derrubada de Assad na Síria
    Tags:
    Escudo do Eufrates, abate, pedido de desculpas, gasoduto, operação militar, Corrente Turca, Su-24, Daesh, Recep Tayyip Erdogan, Turquia, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Em foco