06:13 06 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Militares das Forças Especiais do Iraque em Mossul

    Comandos de elite iraquianos matam cerca de 1.000 terroristas na operação de Mossul

    © AP Photo / Marko Drobnjakovic
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Ofensiva de Mossul (96)
    471
    Nos siga no

    O serviço contraterrorismo do Iraque libertou mais de 600 mil residentes de 25 bairros da cidade iraquiana de Mossul, informou o tenente-general Abdel Ghani Asadi.

    Segundo ele, as forças especiais iraquianas mataram cerca de mil terroristas do Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia) desde o início da ofensiva.

    Ao mesmo tempo, o tenente general especificou que não há prazo concreto para libertação de Mossul dos militantes do Daesh, mas ressaltou que a operação não vai demorar muito.

    Asadi informou a agência RIA Novosti que "não há combates regulares contra o exército do inimigo, se trata de guerra de guerrilha".

    "Conforme os nossos dados de inteligência, cerca de 6 mil terroristas do Daesh permanecem na cidade. Mas eu acho que esse número tem sido exagerado, embora a nossa Divisão de Ouro tenha eliminado 992 terroristas e ferido mais 56", revelou Asadi.

    A Divisão de Ouro é um nome comum da 1ª Brigada de Operações Especiais, uma unidade de elite treinada pelos EUA contra o Daesh no Iraque.

    Os combatentes xiitas de tropas irregulares vêm para o sul de Mossul
    © AFP 2019 / AHMAD AL-RUBAYE
    De acordo com Asadi, poucas pessoas fugiram da cidade.

    "Agora começou um movimento contrário. As pessoas estão voltando aos bairros que já foram libertados", explica o tenente-general.

    Em 17 de outubro, o primeiro-ministro iraquiano Haider Abadi anunciou o início da operação de libertação de Mossul do Daesh. A operação é apoiada por ataques aéreos da coalizão internacional liderada pelos EUA.

    Tema:
    Ofensiva de Mossul (96)

    Mais:

    Vala com mais de 200 corpos é descoberta perto de Mossul
    Forças iraquianas libertam nordeste de Mossul do controle do Daesh
    Tags:
    forças especiais, elite, ofensiva, divisão, operação militar, libertação, Daesh, Mossul, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar