05:37 24 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Especialistas em armas químicas e biológicas

    EUA comentam uso de armas químicas na Síria

    © AFP 2017/ Daniel PIRIS
    Oriente Médio e África
    URL curta
    245902

    O porta-voz oficial do Departamento de Estado dos EUA, John Kirby, declarou hoje (22) que Washington está preocupado com as informações sobre o uso de armas químicas por rebeldes na cidade síria de Aleppo.

    "Estamos muito preocupados com as informações sobre o uso de armas químicas. Tratamos isso com grande seriedade" – disse o diplomata americano durante uma entrevista coletiva.

    Nas suas palavras, "o uso de armas químicas ou substâncias químicas como armas jamais pode ser justificado". Kirby destacou ainda que os EUA estão dispostos a analisar todas as informações sobre o assunto, mas ainda não estão prontos para confirmá-las.

    Vale destacar, que a declaração o governo americano sobre o tema aconteceu horas depois de a Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) ter aceitado analisar provas apresentadas pela Rússia sobre o uso de armas químicas na Síria. Moscou quer que crimes do gênero sejam rigorosamente investigados e devidamente punidos pela comunidade internacional.

    O uso de armas químicas está se tornando cada vez mais frequente na Síria. Na segunda-feira (21), pelo menos 30 militares sofreram intoxicações de diversos graus após um ataque na cidade de Aleppo.

    No início desta semana, o embaixador da Síria na Rússia, Riad Haddad, acusou a chamada 'oposição moderada' síria de fazer uso de armas químicas no país árabe.

    Tags:
    armas químicas, John Kirby, EUA, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik