06:03 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Província de Aleppo, na Síria

    Força Aérea síria elimina dezenas de militantes do Daesh

    © REUTERS / Rodi Said
    Oriente Médio e África
    URL curta
    2122
    Nos siga no

    Força Aérea da Síria atacou posições de terroristas perto da aldeia de Dayr Hafir, a leste de Aleppo, matando muitos militantes do Daesh, informou o jornal Al-Watan, citando fonte militar na segunda-feira (21).

    Desde 2013, Dayr Hafir está sob o controle do Daesh (organização proibida na Rússia e em muitos outros países). A base aérea Kuweires está situada na zona oeste do subúrbio, que durante os últimos dois anos tem sido sitiada pelas forças do governo. As tropas do governo libertaram a área ao redor da base aérea adjacente à cidade, mas a importante ofensiva de Dayr Hafir ainda não ocorreu. Nesta aldeia estão concentradas as principais forças dos militantes, como observado por vários analistas árabes, que cobrem a região do norte até a cidade de Raqqa — "capital" do Daesh na Síria.

    De acordo com uma publicação local, o ataque foi realizado na zona rural a leste das unidades de defesa aérea. Como resultado, segundo o jornal, "dezenas de terroristas" foram mortos.

    Além disso, os rebeldes perderam pelo menos 10 veículos, equipados com metralhadoras pesadas, bem como armas e munições.

    O conflito armado continua na Síria desde março de 2011. As tropas do governo confrontam militantes de diferentes grupos armados. Os dados sobre o número de vítimas do conflito são diferentes. Segundo a ONU, cerca de 300 milhares de sírios morreram. Instituto Russo de Estudos Orientais, usando dados do órgão central de estatística da Síria, conduziu sua própria investigação, de acordo com a qual o número total de sírios mortos é de 105 mil pessoas. Grande parte da população civil foi morta pelos terroristas e pela oposição moderada.

    Mais:

    Testes confirmam uso de armas químicas no sudoeste de Aleppo
    Militantes terroristas começam a deixar Aleppo
    Tags:
    tropas sírias, militantes, vítimas, conflito, Daesh, ONU, Estado Islâmico, Raqqa, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar