20:34 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    A reunião do ministro do Exterior russo Sergei Lavrov com o enviado especial da ONU para a Síria, S. de Mistura

    Analista acha que de Mistura não conseguiu realizar a sua missão na Síria

    © Sputnik/ Aleksandr Vilf
    Oriente Médio e África
    URL curta
    321

    O enviado especial da ONU para a Síria Staffan de Mistura não conseguiu cumprir os objetivos colocados, o que pode levar à sua substituição neste cargo, disse Fabien Baussart, chefe do Centro francês de Relações Políticas e Internacionais, em uma entrevista à agência Sputnik.

    "Eu acho que António Guterres [novo secretário-geral da ONU] está a considerar a possibilidade de substituir Staffan de Mistura, que deu muita importância à delegação do ‘Grupo de Riad [Comissão Negociadora Suprema]’, o que virou um absurdo diplomático e foi um grande erro", disse Baussart.

    As negociações em Genebra entre o governo da Síria e várias delegações da oposição síria começaram em 29 de janeiro. As tentativas de combinar as delegações não foram apoiadas pelos representantes da Comissão Negociadora Suprema da oposição, formada após a conferência em Riad. Depois, com sucesso variável, passaram mais algumas rondas das negociações inter-sírias, a última foi entre 13 e 27 de abril.

    Esperava-se que, no final da reunião do Grupo de Apoio Internacional em 22 de setembro, de Mistura anunciasse as datas da próxima ronda de negociações inter-sírias, mas isso não aconteceu. De acordo com o enviado especial, a reunião foi “longa e decepcionante.

    Mais:

    Eleição de Donald Trump preocupa Painel de Mudanças Climáticas da ONU
    De Mistura estima que conflito sírio já tenha causado 400 mil mortes
    De Mistura está preocupado com falta de progresso em consultas sobre a Síria
    Tags:
    enviado da ONU, oposição, ONU, Staffan de Mistura, António Guterres, Riade, Genebra, Síria, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik