06:03 24 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Esta foto de 14 de julho de 2011 mostra soldados norte-americanos entrando em um avião militar na base militar de Bagram para abandonar o Afeganistão

    No final de uma semana sangrenta, EUA fecham embaixada no Afeganistão

    © AP Photo / Musadeq Sadeq
    Oriente Médio e África
    URL curta
    840
    Nos siga no

    Os Estados Unidos fecharam a sua embaixada no Afeganistão após os ataques contra o Consulado da Alemanha e uma base militar estadunidense.

    Peter Cook, porta-voz do Departamento de Defesa dos EUA
    © Foto / Youtube/ Department of Defense
    Em um comunicado divulgado na noite de sábado (12), a embaixada informou que ficaria fechada no domingo "em virtude de serviços de rotina". Portanto, o encerramento é "uma medida cautelar temporária".

    A decisão veio umas horas depois de quatro cidadãos dos EUA terem sido mortos em um atentado suicida na base militar de Bagram, perto da capital afegã, Cabul.

    Mais cedo nesta semana, o Consulado da Alemanha em Mazar-i-Sharif (norte do país) foi alvo de um ataque em que seis pessoas morreram e mais de uma centena ficaram feridas.

    Os ataques foram reivindicados pelo movimento extremista Talibã, cujos representantes alegam que foi uma vingança por um ataque dos Estados Unidos em Kunduz, que matou dezenas de pessoas mais cedo neste mês.

    Mais:

    Famosa moça afegã condenada a prisão e deportada do Paquistão
    Talibãs atingem vice-presidente afegão
    Tags:
    Embaixada dos EUA, Talibã, Bagram, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar