17:46 19 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan durante discurso

    Erdogan: Ocidente não fez nada de bom para Turquia

    © AFP 2017/ ADEM ALTAN / AFP
    Oriente Médio e África
    URL curta
    102216154

    O Ocidente não fez nada de bom para a Turquia; o país resolverá por si só seus problemas e para a nação turca não é importante o que dirão os outros, disse o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan.

    "O Ocidente não fez nada de bom para nós. O que deve esperar a Turquia do Ocidente, sendo que por 53 anos nos fazem esperar na porta da União Europeia? Resolveremos os nossos problemas por si só", disse Erdogan durante discurso em cerimônia na universidade de Istambul. Informou a agência Anadolu.

    Segundo Erdogan, durante os acontecimentos dos últimos três anos, a Turquia mudou a sua visão sobre o que está acontecendo e marcou um novo caminho. Hoje já não é importante para a Ancara o que dirão os outros, destacou o presidente.

    Erdogan também comentou a detenção de deputados do partido oposicionista pró-curdo – Partido de democracia dos povos.

    "Como chefe do país, esforço-me para, na medida do possível, seguir adiante o trabalho que realiza a Turquia no âmbito dos objetivos de 2023 [quando será festejado o 100º aniversário da criação da República da Turquia – red.], bem como o processo de realização de grandes projetos. Entretanto, há questões sobre as quais é necessário informar a comunidade. Entre elas, o processo jurídico em relação aos deputados que apoiaram terroristas do Partido dos Trabalhadores do Curdistão", disse Erdogan.

    Na sexta-feira (4), a procuradoria deteve 12 deputados do parlamento turco. Mais tarde, mais oito parlamentares foram detidos por decisão do tribunal.

    De acordo com as autoridades turcas, após ter sido tomada a decisão de convocação dos deputados para testemunho, alguns deles foram tidos como culpados, por isso foram detidos, disse Ancara.

    A detenção dos deputados provocou críticas por parte da União Europeia. O chefe do Parlamento Europeu, Martin Schulz, declarou que as ações turcas colocam em dúvida as relações estáveis entre a União Europeia e a Turquia.

    Tags:
    política, Recep Tayyip Erdogan, Turquia, União Europeia, Ocidente, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik