11:59 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Turquia bloqueia messengers e redes sociais

    Turquia mantém bloqueio a todas as redes sociais

    Bruno Fortuna/ Fotos Públicas
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 12

    De acordo com o grupo de monitoramento Turkey Blocks, o Facebook, o Twitter, Instagram e o YouTube não podem ser acessados na Turquia no momento.

    Além disso, messengers como o Skype e o Instagram também estão passando dificuldades.

    "Update: Confirmado bloqueio do serviço WhatsApp na Turquia, após bloqueio de Twitter, Facebook e YouTube", diz a mensagem do Turkey Blocks no Twitter.

    As autoridades turcas ainda não comentam a decisão. O bloqueio de hoje vem depois da detenção de vários dirigentes do Partido Democrático dos Povos (HDP), o principal grupo pró-curdo da oposição. No entanto, fontes no próprio partido desmentem as detenções.

    Ao longo do ano passado, o WhatsApp, o messenger mais popular no Brasil, foi várias vezes bloqueado no território turco por mandato das autoridades judiciais. A justificativa para isso foi o suposto uso do messenger para trocar mensagens ligadas a crimes e a postura dos administradores do aplicativo, que se recusavam firmemente a fornecer às autoridades o acesso às mensagens enviadas pelos usuários.

    Mais:

    Turquia bloqueia redes sociais após detenção de líderes curdos da oposição
    Mosca pousa em Hillary Clinton e fica famosa nas redes sociais
    'Um Temer em Nova York': a estadia do presidente resumida pelas redes sociais
    Tags:
    Instagram, Facebook, Twitter, redes sociais, WhatsApp, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik