18:37 17 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Imagem do arquivo para demonstração: Voluntários sírios carregam um ferido em Aleppo

    Militantes abrem fogo contra estudantes em Aleppo: 1 morto, dezenas de feridos

    © AFP 2017/ THAER MOHAMMED
    Oriente Médio e África
    URL curta
    658208

    Segundo a informação divulgada pela TV local, os estudantes pertenciam a uma faculdade de línguas.

    O canal televisivo Al Mayadeen informou que, durante o ataque, os  terroristas usaram as chamadas balas de expansão que, ao atingir pessoas, se expandem e causam enormes ferimentos. Este tipo de balas é proibido de ser usado durante combates militares por razão da sua "extrema crueldade".

    As autoridades do país ainda não comentaram a situação.

    Lembramos que na véspera (2) o lado russo tinha informado sobre preparativos para realizar uma pausa humanitária, de forma a que os civis pudessem escapar da cidade.

    Nesta quinta-feira (3) o vice-chanceler russo Sergei Ryabkov sublinhou que atualmente o problema humanitário na cidade não depende da Rússia:

    "Apelo a retirar as vendas ideológicas dos olhos e finalmente admitir o óbvio: agora, a resolução do problema humanitário no leste de Aleppo não depende da Rússia. É necessário exercer influência sobre os terroristas e extremistas, que são, de fato, a razão de estes problemas não se resolverem."

    Mais:

    Estado-Maior russo: na última semana radicais mataram 127 civis em Aleppo
    Tags:
    ataque, estudantes, Aleppo, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik