04:11 28 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    230
    Nos siga no

    O Tribunal Penal Internacional vai lançar uma investigação para analisar possíveis crimes de guerra no Afeganistão, incluindo aqueles que podem ter sido cometidos por militares dos Estados Unidos.

    De acordo com a revista Foreign Policy, a promotora-chefe da Corte de Haia, Fatou Bensouda, pretende iniciar as investigações nas próximas semanas, depois das eleições presidenciais nos EUA, país que já manifestou preocupação com a medida.  

    O escritório de Bensouda já voltou a sua atenção para diversas alegações de violações protagonizadas por soldados americanos. Entre os casos a serem investigados, destaca-se o ataque ao hospital dos Médicos Sem Fronteiras (MSF) em Kunduz, que resultou na morte de 42 pessoas e deixou outras 30 feridas, em outubro de 2015. 

    Mais:

    Escritório da ONU relata mais de 400 mil deslocados internos no Afeganistão em 2016
    Comandante da Al-Qaeda morre em ataque de drone dos EUA no Afeganistão
    Ataque no Afeganistão deixa civis e militares americanos mortos e feridos
    Tags:
    crimes de guerra, Médicos Sem fronteiras, MSF, Foreign Policy, Tribunal Internacional de Justiça, Fatou Bensouda, Kunduz, Afeganistão, EUA, Holanda, Haia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar