20:15 20 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Arábia Saudita

    Irã: Arábia Saudita integra Conselho de Direitos Humanos por razões políticas

    © flickr.com/ Yasser Abusen
    Oriente Médio e África
    URL curta
    1680350

    “A eleição da Arábia Saudita ao Conselho de Direitos Humanos da ONU pode ser considerada politicamente motivada já que o país não corresponde aos critérios para fazer parte deste órgão”, afirmou no domingo (30) o vice-ministro iraniano das Relações Exteriores, Abbas Araghchi.

    Na sexta-feira (28), a Assembleia Geral da ONU decidiu quais os países que ocupariam vagas no Conselho de Direitos Humanos a partir de 1º de janeiro de 2017 e por três anos. O Brasil volta ao órgão após um ano de afastamento, enquanto a Rússia não conseguiu sua reeleição.

    "Acho que a participação de alguns países, como a Arábia Saudita, mostra perfeitamente que os instrumentos de proteção dos direitos humanos são usados só para objetivos políticos", cita a agência iraniana Fars o vice-ministro.

    Abbas Araghchi está surpreendido que a Arábia Saudita tenha passado ao Conselho sob o lema dos direitos das mulheres que, segundo ele, "têm uma importância menor" no reino. Ele fez lembrar que a Arábia Saudita está travando uma campanha militar contra rebeldes xiitas no Iêmen, que vitima civis, entre os quais muitas crianças.

    Mais:

    Ataque da coalizão saudita mata 30 rebeldes no Iêmen
    ONU é alvo de protestos em massa no Iêmen por 'cumplicidade' com bombardeios sauditas
    Ministério da Saúde iemenita: nossos filhos passam fome devido ao ataque saudita
    Tags:
    Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, Irã, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik