06:19 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Benghazi, Líbia

    Ativista político morre em explosão no leste da Líbia

    © REUTERS/ Esam Omran Al-Fetori
    Oriente Médio e África
    URL curta
    102

    A explosão de um carro em Benghazi matou três pessoas na noite deste sábado, incluindo um ativista político ligado a um poderoso general líbio, segundo informaram autoridades locais.

    O incidente ocorreu no distrito central de al-Kesh, um dos mais agitados da cidade. Fontes anônimas confirmaram à agência AP a morte do ativista Mohammed Bougages e de mais duas pessoas. Outros 12 ficaram feridos. 

    Bougages era o apresentador de um popular programa de TV chamado "Francamente", que vai ao ar diariamente na televisão estatal. Ele era um famoso apoiador do general Khalifa Hifter, que tem liderado uma campanha contra os extremistas islâmicos em Benghazi desde 2014.

    A campanha de Hifter, conhecida como "Operação Dignidade", é uma resposta a dezenas de mortes de ativistas, juristas e agentes de segurança na cidade, todos vítimas dos extremistas.

    Mais:

    Benghazi: Cortina de fumaça sobre o verdadeiro escândalo envolvendo os EUA na guerra líbia
    Primo de Kadhafi explica por que Ocidente invadiu Líbia
    Imprensa: Daesh assassinou jornalista holandês na Líbia
    Tags:
    atentado, AP, Khalifa Hifter, Mohammed Bougages, al-Kesh, Benghazi, Líbia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik