18:27 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Membros das forças de segurança Iraquianas depois da libertação da aldeia Khalidiya aldeia do Daesh, durante uma operação em Mosul, Iraque, 20 de outubro de 2016.

    Daesh executa quase 300 pessoas perto de Mossul

    © REUTERS/ Thaier Al-Sudani
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Ofensiva de Mossul (96)
    4141509

    Os extremistas da organização terrorista Daesh (proibida na Rússia) executaram 284 homens e meninos a sul da cidade iraquiana de Mossul, informou o canal CNN citando fontes da inteligência do Iraque.

    As execuções foram realizadas na quinta e na sexta-feira, tendo depois os corpos sido deitados em valas comuns que ficam na parte oposta da cidade.

    Anteriormente a ONU informou que os militantes do Daesh poderiam ter sequestrado centenas de famílias para usá-las como escudo humano. Como destaca a CNN, em dois povoados foram sequestradas 550 famílias.

    Em 16 de outubro de 2016, domingo, as Forças Armadas do Iraque, juntamente com outros grupos armados que incluem as formações curdas peshmerga, iniciaram ofensiva contra Mossul, uma das duas "capitais" do grupo terrorista Daesh.

    Tema:
    Ofensiva de Mossul (96)

    Mais:

    Washington insiste na operação em Raqqa após Mossul
    'Coalizão dos EUA pretende empurrar Daesh de Mossul para a Síria'
    Iraque pode enfrentar mais confrontos religiosos depois da liberação de Mossul
    Moscou apresentará protesto se Washington deslocar suas tropas do Iraque para Síria
    Tags:
    escudo humano, execuções, Daesh, Mossul, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik