19:54 10 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    23115
    Nos siga no

    O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, receia que, durante os últimos meses de mandato, o presidente norte-americano, Barack Obama, possa apresentar uma iniciativa de paz para o Oriente Médio que "entre em contradição com os interesses do Estado judeu", levando a apoiar tal ideia no Conselho de Segurança da ONU.

    As informações são da assessoria do chefe do governo de Israel.

    Netanyahu acredita que o período entre as eleições de 8 de novembro e a posse do novo presidente seja perigoso, pois Obama poderá tentar 'organizar revanche' pelas tentativas fracassadas de avançar na questão de solução do conflito entre Palestina e Israel.

    Segundo o comunicado de imprensa, Netanyahu "espera que as políticas dos EUA, que visam impedir aprovação das resoluções anti-israelenses no Conselho de Segurança da ONU, se mantenham".

    De acordo com o jornal Haaretz, "as declarações de Netanyahu expressam preocupação dele e da chancelaria de Israel por Obama poder aproveitar o período entre as eleições e o final do seu mandato presidencial para deixar sua herança permanente na solução do conflito entre Palestina e Israel".

    Conforme a publicação, "Jerusalém acredita que Obama poderá expor sua visão da solução para o conflito e apoiar a resolução contra assentamentos no Conselho de Segurança da ONU".

    Mais:

    Rússia busca intermediar negociação histórica entre Israel e Palestina
    ONU apoia possível encontro de líderes de Israel e Palestina em Moscou
    Tags:
    iniciativa de paz, conflito, resoluções, assentamentos, Conselho de Segurança da ONU, Haaretz, Barack Obama, Benjamin Netanyahu, EUA, Palestina, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar