15:53 18 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Sistemas de mísseis antiaéreos S-300

    EUA desconhecem verdadeiro potencial dos S-300 da Rússia

    © Sputnik/ Yuri Shipilov
    Oriente Médio e África
    URL curta
    69683

    A Rússia instalou na Síria sistemas de mísseis S-300 e S-400, capazes de assegurar a proteção da maior parte do país e cujas verdadeiras capacidades o Ocidente desconhece, escreve a publicação alemã Stern.

    Não é problema para Moscou criar a sua própria zona de exclusão aérea na Síria e mantê-la, afirmou o Stern. O mais provável é que, neste caso, os EUA e os seus aliados tentem tornar inoperantes os principais elementos do sistema russo de defesa antiaérea. Mas agora caças como o F-18, Eurofighter e Tornado podem ser impotentes perante o escudo antiaéreo russo.

    Se antes se considerava que o único equipamento que podia fazer frente aos sistemas de mísseis russos eram os caças stealth B-2, F-35 e F-22, agora as suas capacidades estão em dúvida. Os radares dos mísseis russos trabalham em frequência mais baixa e a tecnologia stealth nos aviões norte-americanos se torna menos eficiente.

    É provável que a Rússia tenha razão para ironizar sobre os caças norte-americanos por estes já não constituírem uma ameaça. Os EUA poderão conhecer o potencial real de sistemas russos somente quando acontecer um incidente sério. Por enquanto, estão vivendo na ignorância.

    Mais:

    Rússia enviou S-300 à Síria após interceptar planos dos EUA de atacar bases sírias
    EUA tomarão medidas na Síria após Rússia enviar sistema S-300
    Rússia: é preciso proteger militares russos na Síria contra 'erros' americanos
    Tags:
    capacidade militar, sistema antiaéreo, F-22, S-300, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik