00:29 20 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Chanceler John Kerry fala com presidente dos EUA Barack Obama

    'Washington quer ver vários países no lugar da Síria'

    © AP Photo/ Andrew Harnik
    Oriente Médio e África
    URL curta
    20435

    Os EUA querem dividir a Síria em vários países independentes com base em confissões religiosas, disse o ministro das Informações da Síria, Ramez Tourjman.

    Segundo ele, a estratégia norte-americana no Oriente Médio consiste em apoiar Israel e dividir a Síria em várias entidades estatais com a base em confissões religiosas.

    "Washington quer que a Síria se torne um estado fraco e tem como objetivo sua desintegração. Ele foi manifestado, nomeadamente, depois da proclamação do estado curdo no norte do país para que a Síria se transforme pelo menos em uma federação ou confederação", disse Tourjman em entrevista à agência RIA Novosti.

    A recusa de separar a oposição armada foi uma das razões do fracasso do acordo russo-americano sobre a Síria.

    Segundo o alto responsável, entre a Frente al-Nusra e a administração norte-americana existe uma "ligação orgânica baseada na nova política norte-americana na região – a guerra por procuração".

    "É por isso que os norte-americanos tentam constantemente evitar este ponto. Entretanto, a parte russa demonstra paciência e insiste na demarcação (dos grupos), mas a administração norte-americana evita cumprir suas responsabilidades. O último passo foi o fim da cooperação com Moscou sobre a Síria. A causa disso foi a incapacidade dos EUA em dividir a chamada oposição moderada da Frente al-Nusra. Isso é impossível de realizar", disse Tourjman.

    O ministro destacou também que todos os grupos armados na Síria são terroristas.

    Mais:

    Enviado especial da ONU na Síria avisa da destruição total de Aleppo
    Assad: 'Oposição moderada na Síria é um mito'
    'Cessar-fogo na Síria nunca será aplicado ao Daesh', diz chanceler russo
    Rússia diz que CIA estaria por trás de vazamentos sobre ataques dos EUA contra Síria
    Sistemas russos S-300 vão ajudar a 'reduzir riscos psicológicos' na Síria
    Tags:
    conflito, política, desintegração, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik