11:00 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova, durante a entrevista coletiva semanal, Moscou, Rússia, 26 de maio de 2016

    Rússia responde à ameaça dos EUA de romper cooperação na Síria

    © Sputnik/ Sergei Pyatakov
    Oriente Médio e África
    URL curta
    50433

    A porta-voz oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, respondeu à ameça feita pelo Departamento de Estado dos EUA de suspender a cooperação com Moscou na Síria.

    Em sua conta oficial no Facebook, a diplomata escreveu que o fim da cooperação entre Moscou e Washington seria o melhor presente possível que os EUA poderiam oferecer aos terroristas.

    "Um "presente aos terroristas" é certamente a junção da Frente al-Nusra com a "oposição moderada", a entrega de ajuda humanitária aos rebeldes e o bombardeio do exército sírio que combate o Daesh [Estado Islâmico]. Mas o melhor deles seria a recusa de Washington em cooperar com a Rússia sobre a regulação da crise síria" – escreveu Zakharova.

    Segundo ela, "se a ameaça vinda de Washington sobre o fim da cooperação for consolidada numa decisão formal, não haverá mais dúvidas – a Casa Branca apadrinhou os rebeldes e a praça terrorista está em grande festa".

    Comentário de Zakharova também faz alusão à declaração da porta-voz da representante permanente dos EUA na ONU, Samantha Power, que tachou as ações das forças russas e sírias de "presente" aos grupos terroristas Daesh e Frente al-Nusra, ambos proibidas na Rússia e em diversos países.

    Em sua mensagem, a diplomata russa lembrou ainda que por muito tempo Washington sequer assumia a existência de terroristas na Síria.

    Tags:
    resposta, ameaça, Samantha Power, Maria Zakharova, Síria, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik