13:38 15 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Combatentes do Estado Islâmico (EI).

    Coalizão dos EUA elimina líderes do Daesh de origem chechena

    © AP Photo/
    Oriente Médio e África
    URL curta
    601

    A coalizão internacional liderada pelos EUA eliminou no Iraque, na região de Mossul, três líderes do grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico) de origem chechena, informou hoje (29) o porta-voz oficial da coalizão, coronel John Dorrian.

    Segundo ele, Abdul-Hamid al-Shishani, Abdul-Jabir al-Shishani e Abdul-Rahman al-Shishani ocupavam cargos de liderança em formações armadas do Daesh em Mossul.

    Dorrian informou ainda que, no decorrer do último mês, a coalizão internacional teria eliminado na Síria e no Iraque um total de 18 líderes terroristas de diversas patentes.

    O coronel destacou que, atualmente, a região de Mossul abriga de 3 a 5 mil combatentes do Daesh.

    Vale lembrar que, em meados de agosto, comandante de operação dos EUA e de seus aliados na guerra contra o terrorismo, Sean McFarland, revelou em coletiva de imprensa no Pentágono, que no decorrer dos últimos dois anos foram eliminados na Síria e no Iraque cerca de 45 mil combatentes do Daesh.

    Mais:

    General dos EUA: 'eliminamos 45 mil combatentes do Daesh nos últimos dois anos'
    Moscou explica recusa dos EUA em reconhecer eliminação de líder do Daesh pela Rússia
    Pentágono confirma a morte do líder da célula do Daesh no Afeganistão
    Tags:
    líderes, terroristas, coalizão internacional, Daesh, John Dorrian, Mosul, Chechênia, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik