19:41 15 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Militantes do barço armado do Hamas

    Hamas comemora morte do 'criminoso' ex-presidente de Israel

    © REUTERS/ Ibraheem Abu Mustafa
    Oriente Médio e África
    URL curta
    261

    Diversos líderes mundiais participarão nesta sexta-feira (30) do funeral do ex-presidente israelense Shimon Peres em Jerusalém, inclusive o presidente palestino, Mahmoud Abbas. A organização palestina Hamas, entretanto, declarou que o povo palestino estava “feliz” com a morte de um “criminoso”.

    Uma autoridade palestina confirmou que Abbas participará do funeral, segundo informou a Reuters. Em carta enviada à família de Peres, o líder palestino expressou tristeza e ressaltou os esforços de paz empreendidos pelo ex-presidente israelense, os quais lhe renderam o Prêmio Nobel da Paz em 1994.

    No entanto, segundo afirmou o porta-voz do Hamas, Sami Abu Zuhri, o povo palestino está "feliz" com a morte de Peres.

    "Shimon Peres foi o último da geração de cofundadores da ocupação israelense, e, portanto, sua morte representa o fim de uma era na história da ocupação e o início de uma nova era de fraqueza e retirada para a entidade sionista", disse ele ao jornal Jerusalem Post. "Temos certeza de que o povo palestino está feliz com a partida deste criminoso que esteve envolvido em muitos crimes e no derramamento de sangue do povo palestino", acrescentou.

    Caça F-16 da Força Aérea de Israel
    © AP Photo/ Ariel Schalit, file
    O Hamas é uma organização palestina de orientação sunita que inclui uma entidade filantrópica, um partido político e um braço armado, as Brigadas Izz ad-Din al-Qassam. A O grupo é considerado como uma organização terrorista pelos EUA, União Europeia e Israel, entre outros. Alguns países, como Austrália e o Reino Unido consideram como organização terrorista apenas o braço militar da organização. Outros, como Brasil, Rússia e África do Sul, não consideram o Hamas como uma organização terrorista. 

    Peres morreu na quarta-feira (28), aos 93 anos.

    Mais:

    Hamas reivindica atentado em Tel Aviv
    Abbas pede que ONU declare 2017 o 'Ano do Fim da Ocupação Israelense na Palestina'
    ONU apoia possível encontro de líderes de Israel e Palestina em Moscou
    Madonna confunde bandeira de Israel e Argentina em postagem sobre morte de Shimon Peres
    Tags:
    ocupação, organização terrorista, conflito, palestinos, funeral, morte, Brigadas Izz ad-Din al-Qassam, Autoridade Nacional Palestina, Hamas, Sami Abu Zuhri, Mahmoud Abbas, Shimon Peres, Palestina, Israel, Jerusalém
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik