00:20 18 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Retrato do presidente sírio Bashar Assad nas ruas de Damasco, Síria

    Kerry diz que Assad e Daesh contribuem igualmente para a manutenção do conflito sírio

    © AFP 2018 / JOSEPH EID
    Oriente Médio e África
    URL curta
    47113

    O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, acredita que o governo Síria é tão responsável por minar o processo de paz na Síria como o grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico – proibido na Rússia e em diversos outros países).

    "É natural que existam pessoas, incluindo [o presidente sírio Bashar] Assad, seus aliados e, de outro lado, a Frente al-Nusra e o Daesh, que temem tal resultado [fim do conflito]. Assad mina [os acordos], ele não acredita na paz. Frente al-Nusra e Daesh também minam, eles não querem a trégua, eles querem combater Assad" – disse Kerry em discurso no Conselho de Segurança da ONU.

    Nas suas palavras, o governo sírio é responsável por minar o processo de paz por continuar "bombardeando indiscriminadamente alvos civis e da oposição" do país.

    Mais:

    EUA ajudam Daesh 'por engano'
    Moscou: Ataque letal dos EUA contra Exército sírio 'beira a conivência com o Daesh'
    Rússia: Casa Branca está 'defendendo terroristas do Daesh'
    Tags:
    processo de paz, conflito, Daesh, John Kerry, Bashar Assad, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik