15:49 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Soldados nigerinos ocupam posições na fronteira com a Nigéria em Diffa, Niger

    Combates com Boko Haram no Níger matam 5 soldados e 30 militantes islâmicos

    © REUTERS/ Joe Penney
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 0 0

    Trinta membros do grupo terrorista islâmico Boko Haram e cinco soldados do Níger foram mortos em combates travados na região de Diffa, sudeste do país, segundo informou o Ministério da Defesa nigerino na noite desta terça-feira (13).

    Soldados nigerianos em uma remota cidade no estado de Borno, nordeste do país
    © AFP 2017/ AFP/PIUS UTOMI EKPEI
    O confronto, segundo a pasta, aconteceu na segunda-feira (12) perto do vilarejo de Toumour, perto do lago Chade e da fronteira nigeriana, áreas que estão há tempos sob estado de emergência devido à violência do grupo militante islâmico. 

    O Boko Haram tomou o controle sobre a cidade de Bosso, também na região de Diffa, no início de junho, em um ataque que matou 32 soldados e foi o mais letal dos jihadistas no Níger desde abril de 2015. Desde então, o Chade enviou tropas para ajudar o Níger a travar um contra-ataque.

    Em junho de 2015, o grupo militante jurou fidelidade ao Daesh, também conhecido como Estado Islâmico. 

    Mais:

    Boko Haram mata 32 soldados na fronteira Níger-Nigéria
    Refugiados nigerianos podem agravar crise de alimentos no Níger
    Daesh nomeia novo líder do grupo nigeriano Boko Haram
    Cerca de 250 mil crianças passam fome em região afetada pelo Boko Haram na Nigéria
    Tags:
    soldados, combates, militantes, extremismo islâmico, grupo terrorista, Estado Islâmico, Daesh, Boko Haram, lago Chade, África, Bosso, Diffa, Níger
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik