16:17 26 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    051
    Nos siga no

    Os militares dos EUA reconhecem alguns desafios associados com a realização de ataques aéreos conjuntos com a Rússia no âmbito do novo acordo para as operações na Síria, afirmou o chefe do Comando Central da Força Aérea dos EUA, tenente-general Jeffrey Harrigian, em entrevista coletiva nesta terça-feira (13).

    "Haverá alguns desafios por lá, e isso será algo que vamos ter que resolver", afirmou Harrigian, respondendo a uma pergunta sobre o uso de bombas não guiadas pela Rússia. 

    "Eu reconheço que existe alguma física envolvida com isso que vamos ter que resolver… uma vez que tenhamos completado a cessação das hostilidades", acrescentou o oficial norte-americano.

    Rússia e EUA chegaram a um acordo na sexta-feira (9) passada para estabelecer um regime de cessar-fogo na Síria e incentivar o processo de transição política no país.

    Mais:

    Irã duvida que EUA cumpram acordo de cessar-fogo na Síria
    Síria: acordo de cessar-fogo tem suas primeiras violações
    Oposição síria: acordo entre EUA e Rússia não foi surpresa
    Combatentes curdos do YPG celebram acordo mediado por Rússia e EUA na Síria
    Damasco aprova acordo entre Rússia e EUA
    Opinião: Quer haja ou não sucesso do cessar-fogo na Síria, Putin ganha sempre
    Tags:
    Síria, Rússia, EUA, Jeffrey Harrigian, ataques aéreos, acordo, cessar-fogo, bombas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar