18:04 07 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    6161
    Nos siga no

    A Rússia tinha advertido os Estados Unidos que a invasão do Iraque acabaria por reforçar os terroristas em todo o Oriente Médio, relata à RIA Novosti o ex-ministro das Relações Exteriores russo Igor Ivanov.

    "Tudo o que aconteceu em seguida, após a guerra no Iraque – um forte aumento no extremismo, a onda de terror, a propagação do terrorismo em toda a região do Oriente Médio, a transformação de todo o país em um refúgio terrorista – tudo isso era previsível. Nós avisávamos sobre isso, eu disse isso várias vezes a Colin Powell [secretário de Estado americano nos anos 2001-2005]. Infelizmente, essas previsões se tornaram realidade", disse Ivanov.

    Ele também expressou a opinião de que não é correto comparar as operações dos EUA no Afeganistão e no Iraque, embora seus efeitos fossem igualmente graves para a segurança internacional.

    O ex-ministro das Relações Exteriores explicou a diferença entre as duas campanhas militares norte-americanas. No Afeganistão, os Estados Unidos lançaram uma operação militar em resposta aos ataques terroristas de 11 de setembro e realizaram-na no âmbito das resoluções do Conselho de Segurança da ONU, recebendo o apoio da coalizão antiterrorista internacional. No Iraque as coisas foram diferentes. Graças aos esforços da comunidade internacional, no país foram eliminados todos os estoques de armas de destruição em massa ainda antes da operação norte-americana. Quando os Estados Unidos pediram ao Conselho uma resolução para lançar uma operação militar, a maioria dos países não apoiou esse pedido.

    É de lembrar que a decisão estadunidense de intervir no Iraque foi tomada em 2003 baseada no pretexto da presença de armas de destruição em massa em posse das autoridades iraquianas. Mais tarde essa informação não se confirmou.

    Mais:

    Mas para quê? EUA retiram militantes do Iraque
    EUA enviarão mais 560 militares ao Iraque
    Forças terrestres dos EUA combatem Daesh pela primeira vez em Mossul, no Iraque
    Tags:
    operação militar, Colin Powell, Iraque, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar