13:51 22 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Militares de Israel nas Colinas de Golã (foto de arquivo)

    Israel ataca posições do exército sírio nas Colinas de Golã

    © AFP 2017/ JALAA MAREY
    Oriente Médio e África
    URL curta
    12454816

    A Força Aérea israelense realizou o segundo ataque contra posições do exército sírio nas Colinas de Golã. O ataque não deixou vítimas, informa a agência Reuters, citando representante do exército de Israel.

    De acordo com representante, "a Força Aérea de Israel atacou, usando bombardeiros, os morteiros das Forças Armadas sírias no norte do território, nas Colinas de Golã, que pertence à Síria".

    Anteriormente, as tropas israelenses atacaram posições de artilharia das tropas governamentais da Síria depois de bombardeio com morteiro na parte das Colinas controlada pelo Estado judeu. Militares acreditam que investida da Síria viola a soberania de Israel e declararam que continuarão agindo para garantir a segurança do país.

    Em 22 de agosto, Israel usou a aviação em resposta ao ataque de morteiro, que foi caracterizado como voo inesperado de projetil durante combates internos da Síria. De acordo com militares israelenses, no ponto 80 km da fronteira, além de tropas do governo, estão presentes cerca de cinquenta agrupamentos, incluindo organizações terroristas proibidas na Rússia como o Daesh e Frente Fatah al-Sham (Frente al-Nusra).

    Mais:

    Benjamin Netanyahu: 'Israel nunca sairá das Colinas de Golã'
    Exército sírio repele ofensiva da Frente al-Nusra perto das Colinas de Golã
    Especialista: Netanyahu esqueceu a quem pertencem as colinas de Golã
    Tags:
    morteiros, tensão militar, bombardeio, Exército Sírio, Daesh, Frente al-Nusra, Colinas de Golã, Síria, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik