21:34 19 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Presidente do Iêmen Ali Abdullah Saleh durante o encontro com Vladimir Putin, 2010 (foto de arquivo)

    Premiê iemenita: Propor bases militares à Rússia é um grande erro de Saleh

    © Sputnik/ Alexei Druzhinin
    Oriente Médio e África
    URL curta
    1126445

    O primeiro-ministro do Iêmen, Ahmed Obeid bin Daghr, chamou de “um erro muito grande” a proposta do ex-presidente iemenita, Ali Abdullah Saleh, de colocar à disposição à Rússia bases militares no Iêmen para realizar operações contra terroristas.

    Em agosto, na sua entrevista ao canal Rossiya-24, Saleh, que é aliado dos rebeldes houthis no conflito iemenita, disse que está prestes a abrir bases militares, aeródromos e portos para as Forças Armadas da Rússia poderem apoiar a luta contra o terrorismo. A declaração foi feita pouco depois de se tornar público que aviões russos realizaram ataques contra militantes jihadistas na Síria a partir de uma base iraniana.

    "Ali Abdullah Saleh fez muitos erros na sua vida e espero que não termine com este grande erro", disse bin Daghr. Ele respondeu a uma questão da agência Sputnik na entrevista coletiva no Sudão, onde se encontra em visita.

    Parte significativa do território no Iêmen está sob controle dos rebeldes, inclusive a capital do Iêmen Sanaa. A coalizão liderada pela Arábia Saudita, que apoia as autoridades, ataca as posições dos houthis.

    Mais:

    Suposto drone dos EUA mata três suspeitos da Al-Qaeda no Iêmen
    ONU vai investigar crimes no Iêmen
    Hospital dos Médicos sem Fronteiras é bombardeado no Iêmen por coalizão saudita
    Tags:
    forças armadas, uso, base militar, Ali Abdullah Saleh, Rússia, Iêmen
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik