08:11 05 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4114
    Nos siga no

    A oposição síria e os militantes de Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia) continuam recebendo ajuda através da fronteira sírio-turca, disse à RIA Novosti o diretor do Departamento de Desafios e Ameaças Atuais do MRE russo, Ilia Rogachev.

    Segundo ele, o adiamento, por parte dos americanos, do processo de demarcação dos militantes da al-Nusra da oposição moderada só beneficia os radicais. "Tal como mostram diversas ocorrências, esta situação favorece a organização (a Frente al-Nusra), que está manobrando ativamente, filiando outros grupos de oposição, criando novos blocos, etc."

    "Por outro lado, podemos ver que a oposição em geral e a Frente al-Nusra em particular continuam a receber abastecimentos através da fronteira sírio-turca. Sem dúvida, o tempo está passando e isso está favorecendo a al-Nusra. Estes e outro elementos provocam um clima complexo nas relações com os americanos", disse o diplomata.

    Em julho de 2016, a organização terrorista Frente al-Nusra mudou de nome para Frente Fatah al-Sham e rompeu a ligação com a Al-Qaeda. Anteriormente, esta organização foi um ramo da Al-Qaeda na Síria.

    Mais:

    Rebeldes sírios querem 'limpar' a fronteira da Turquia
    A 'Grande Muralha' sírio-turca: uma fronteira impenetrável
    Opinião: 'Turquia deve fechar a fronteira com Síria'
    Tags:
    fronteira, militantes, oposição síria, Al-Qaeda, Frente al-Nusra, Síria, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar