04:28 22 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Uma granada de mão do século XI

    Granada muçulmana da época das Cruzadas encontrada em Israel

    © Foto: Facebook/Israel Antiquities Authority
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 153091

    Uma coleção privada impressionante de artefatos foi recentemente entregue à Autoridade de Antiguidades de Israel (IAA), incluindo uma granada com 1000 anos de idade gravada à mão da época das Cruzadas.

    Os objetos tinham sido recolhidos desde 1973 por Marcel Mazliah de Hadera, uma cidade na costa do Mediterrâneo no noroeste de Israel. Trabalhando na corporação elétrica de Orot Rabin, o homem encontrou a maioria dos objetos no mar, provavelmente perdidos em naufrágios. Após sua morte, a família de Mazliah contatou a IAA e entregou sua coleção ao tesouro arqueológico.

    Um especialista da IAA examinou a variedade dos artefatos e foi surpreendido ao encontrar algumas peças que têm mais de 3.500 anos de idade.

    As descobertas incluem um bedelho, a empunhadura de uma faca da Idade do Bronze Média e uma granada de mão, que era usada geralmente pelas forças islâmicas durante as Cruzadas em 1099-1187. Essas granadas eram enchidas com petróleo, nafta ou fogo grego e jogadas contra os inimigos.

    Entre os objetos havia também antigos grais, pilões e castiçais que aparentemente foram fabricados na Síria no século XI e trazidos para Israel. Segundo os especialistas, é uma evidência significativa do comércio de objetos de metal que era realizado durante esses tempos.

    Mais:

    Descoberta do século: antigo túmulo maia encontrado após cem anos de buscas
    Descoberta misteriosa pode se tornar nova forma de vida (VÍDEO)
    'Nova' caverna antiga foi descoberta perto de Machu Picchu
    Tags:
    história, arqueologia, Cruzadas, Síria, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik