13:07 28 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    24124
    Nos siga no

    Os ataques aéreos da Força Aeroespacial russa na Síria não contribuem para a regularização política no país, afirmou o representante do Departamento de Estado dos EUA, John Kirby.

    "Queremos que a Rússia contribua para a resolução do problema, da forma  que consideramos como correta, e é a regularização diplomática. Os ataques aéreos da Rússia, Irã e Síria não contribuem nada para isso", disse Kirby em entrevista ao canal norte-americano CNN respondendo à questão sobre o uso russo da base no Irã para atacar terroristas na Síria.

    Segundo ele, os EUA têm repetidamente declarado que é impossível resolver o conflito na Síria de forma militar.

    Na terça-feira (16), a Força Aeroespacial russa utilizou pela primeira vez o aeródromo de Hamadã para alvejar instalações do Daesh e Frente al-Nusra (grupos terroristas proibidas na Rússia). Antes disso, a Força Aeroespacial russa realizava ataques a partir de base aérea síria de Hmeymim.

    Os EUA encabeçam a coalizão de países ocidentais e da região que realiza ataques contra o Daesh na Síria e Iraque. A Administração Obama disse muitas vezes que não planeja enviar tropas para realizar uma operação terrestre.

    Mais:

    Irã esclarece estatuto da base aérea onde permanecem Forças Aeroespaciais da Rússia
    'Rússia viola resolução da ONU por usar base iraniana? Que disparate!'
    Força Aérea da Rússia 'minimiza riscos' militares usando base aérea do Irã
    Tags:
    paz, conflito, resolução, ataques, Síria, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar