08:01 22 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Refinaria de petróleo em Marchmarin, na Síria

    Ministério das Finanças sírio: 'apoio às forças armadas é prioridade no orçamento'

    © AP Photo / Khalil Ashawi
    Oriente Médio e África
    URL curta
    190

    A principal prioridade para o Ministério das Finanças da República Árabe da Síria é continuar o apoio às Forças Armadas e a proteção do povo, afirmou nesta sexta (12) Mamun Hamdan, o ministro das Finanças do país, em uma entrevista à agência Sputnik Árabe.

    O ministro sublinhou que é preciso analisar as medidas de prevenção das perdas em diferentes setores públicos, bem como acordar o orçamento com todas as estruturas governamentais para atender às necessidades básicas. 

    "A prioridade foi anunciada: apoio às forças armadas e assegurar a proteção do povo e todas as vítimas e famílias dos mortos e feridos. O exército sírio está lutando contra os terroristas e a atividade econômica deve estar pronta para sacrifícios pelo bem da Síria", disse o ministro.

    Segundo a fonte, o Ministério das Finanças está enfrentando constantemente dificuldades de financiamento. A guerra afetou fortemente todos os setores da economia, por isso o governo procura novas fontes de financiamento para atender às principais necessidades.

    ​A partir do início de funcionamento do novo governo, foi elaborada uma estratégia com base em ordens do presidente Bashar Assad. No Parlamento a prioridade foi dada ao apoio às empresas privadas e públicas do setor da economia para mobilizá-las e oferecer as condições necessárias para a recuperação da vida econômica na Síria.

    Veículos e tanques do exército da Turquia aguardam perto da fronteira com a Síria
    © AFP 2018 / ILYAS AKENGIN
    O Ministério das Finanças continua apoiando os diferentes setores públicos e privados com base na análise de projetos, apresentados pelas fábricas e empresas, para o reinício da produção. 

    "Em relação ao apoio às empresas privadas, depois de várias reuniões com fabricantes, exportadores e outros agentes econômicos, decidimos apoiá-los de várias maneiras e oferecer-lhes todo o tipo de benefícios. Se forem encontradas leis que impeçam o trabalho deles, nós vamos alterá-las", concluiu o ministro.

    Mais:

    Tropas russas mostram na Síria seu elevado nível de comando
    EUA tentam pressionar Rússia na Síria
    Rússia explica sua decisão de não implantar armas nucleares na base aérea da Síria
    Tags:
    estratégia, orçamento, prioridades, proteção, segurança, forças armadas, necessidade, restauração, economia, Parlamento, Ministério das Finanças, Bashar Assad, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik