10:08 12 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Análise
    URL curta
    12642
    Nos siga no

    O major-general aposentado da Força Aérea turca, Beyazit Karatas, comentou a proposta de um senador dos EUA de compra norte-americana dos sistemas russos de defesa antiaérea S-400 que pertencem à Turquia.

    Primeiramente, Karatas notou que a implementação desta iniciativa é impossível, chegando a considerar "tragicômico que os senadores dos EUA apresentem essas emendas, e se permitam ter uma ideia dessas".

    O militar aposentado turco frisou a existência de artigos vinculativos a acordos interestatais para a venda de armas a esta escala. "É estipulada uma garantia estatal para a compra internacional de armas", explicou Karatas.

    Para esclarecer a questão, o major-general turco deu um exemplo de aquisição de equipamento militar dos EUA.

    "Imaginemos esta situação: nós compramos, por exemplo, sistemas Patriot, e logo em seguida as relações com os Estados Unidos devido a sanções e embargo se acentuaram e pioraram. Podemos vender Patriot a terceiros e comprar um sistema de defesa antiaérea melhor e além disso vender os F-16? A resposta é 'não'. Os EUA interviriam imediatamente e nos acusariam de violar o acordo." disse militar aposentado em entrevista à Sputnik Turquia. 

    De acordo com Karatas, a principal razão pela qual os senadores norte-americanos têm estado tão desligados da realidade atual é que se consideram líderes mundiais.

    "Amanhã, os EUA recorrerão à mesma prática, mas em um assunto diferente. O chantagista usará suas opções até a última [possibilidade]."

    Karatas enfatizou que os S-400 são complexos de mísseis de defesa antiaérea, não tendo sido projetados para serem usados como arma ofensiva, acrescentando que seriam claramente usadas contra um inimigo que ameaçaria a segurança da Turquia.

    "O sistema [S-400] não será apontado diretamente contra a OTAN, mas, sim, contra as ameaças aéreas de um inimigo atacante, independentemente se faz parte ou não da Aliança", concluiu o militar aposentado turco.

    No início desta semana, um senador norte-americano propôs uma emenda para permitir que Washington compre o sistema de defesa antimísseis S-400 da Turquia em meio a desentendimento com Ancara devido à compra de armas russas.

    As opiniões expressas nesta matéria podem não necessariamente coincidir com as da redação da Sputnik

    Mais:

    Turquia só vai receber bateria de mísseis Patriot se devolver S-400 à Rússia, diz Pentágono
    EUA voltam a exigir à Turquia que desista do sistema antiaéreo russo S-400
    Entrega do 2º lote de S-400 russos à Turquia seria 'golpe sensível' na indústria militar dos EUA
    Tags:
    F-16, Patriot, Senado dos EUA, Rússia, sistema de defesa antiaérea, Estados Unidos, sanções econômicas, Turquia, EUA, S-400
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar