16:23 03 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Análise
    URL curta
    Brasil enfrenta COVID-19 no início de junho (52)
    124
    Nos siga no

    O bilionário segmento dos shopping centers no Brasil quer reabrir. Com novos protocolos de saúde, o setor afirma estar pronto para receber clientes com segurança e retomar os negócios.

    O Brasil tem 577 shoppings, responsáveis pelo emprego de mais de 1,1 milhão de pessoas e um faturamento anual de R$ 192,8 bilhões. Os números, de 2019, são da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce).

    Em parceria com o Hospital Sírio-Libanês, a Abrasce elaborou protocolos de segurança "para a reabertura gradual de shoppings centers do Brasil". Entre as medidas previstas estão o horário reduzido de funcionamento, obrigatoriedade do uso de máscaras, aferição de temperatura, controle de acesso às lojas, entre outras ações.

    "Tem total condição [para o funcionamento seguro]", diz Nabil Sahyoun, presidente da Associação de Lojistas de Shopping Centers (Alshop)."Os consumidores estão saindo extremamente satisfeitos pela segurança, você tem aferição da temperatura na entrada, álcool gel, máscaras, distanciamento. Você tem a sinalização no piso, os alto-falantes orientando a população, todo o setor de segurança do shopping ajudando a orientar".

    De acordo com o presidente da Alshop, cerca de 250 shopping centers pelo Brasil já estão abertos e os clientes ficam, em média, 25 minutos nos estabelecimentos. Antes da pandemia, clientes passavam 75 minutos.

    "A cada semana que passa, o fluxo de pessoas aumenta. Mas, neste momento, a gente diria que o fluxo de pessoas dentro do shopping, em relação a uma época normal, está aproximadamente em 50%", afirma Sahyoun à Sputnik Brasil.

    Na cidade de São Paulo, os shopping centers reabrirão na quinta-feira (11). Com os números de infecções e mortes causadas pela COVID-19 em uma crescente, a decisão brasileira de reabrir a economia antes do pico da pandemia vai na contramão de medidas adotadas na Europa. 

    As opiniões expressas nesta matéria podem não necessariamente coincidir com as da redação da Sputnik

    Tema:
    Brasil enfrenta COVID-19 no início de junho (52)

    Mais:

    Palácio do Planalto é alvo de vandalismo com tinta vermelha após dia de atos contra Bolsonaro
    Bolsonaro critica protestos e afirma que 'forças nada ocultas' não o deixam governar
    Bolsonaro e Guedes são inseparáveis, diz ex-banqueiro criador de campanha anti-Bolsonaro
    Após fala polêmica da OMS, Bolsonaro sugere reabrir escolas e critica 'pânico' da mídia
    Trump tenta se afastar de 'negacionista' Bolsonaro, diz analista
    Tags:
    Brasil, COVID-19, pandemia, economia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar