19:09 25 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Desmatamento volta a crescer na Amazônia

    Crise ambiental no Brasil ainda está no começo, diz especialista

    Lunae Parracho/AFP
    Análise
    URL curta
    451

    A população brasileira, apesar de não afirmar isso de forma direta, está preocupado com as mudanças climáticas, segundo o especialista consultado pela Sputnik Brasil.

    Um pesquisa internacional revela que os brasileiros consideram o desmatamento e a poluição da água como a questão ambiental mais importante. Por outro lado, a população mundial elege as mudanças climáticas e a poluição do ar como os temas centrais.

    Por que no Brasil, que figura entre os principais atores globais na questão ambiental, a população tem prioridades tão diferentes do resto do mundo? A pesquisa reflete a preocupação com a atual política ambiental brasileira?

    Para Sérgio Ricardo, do Movimento Baía Viva, a população brasileira compartilha das mesmas preocupações da população mundial, apresar de dizer isso de uma forma diferente.

    "Essa posição [do brasileiro] evidencia a existência de uma crise ambiental no país", disse o entrevistado.
    Ele lembrou que o desmatamento cresceu durante os primeiros meses do novo governo, que tem inibido a fiscalização e incentivado o agronegócio.

    "Com isso cresce a impunidade e com o isso o avanço do agronegócio sobre o bioma", explicou.

    Ele alertou para a "grave crise hídrica que nos vivemos em diversas cidades".

    "A maior parte das cidades grandes e médias do país já têm a maior parte dos seus corpos hídricos contaminados e poluídos, principalmente por esgoto sanitário e também presença de lixo urbano", acrescentou o ambientalista.

    Ele citou as crises hídricas no Sudeste do país, em 2014 e em 2015 e um relatório, publicado pela Agência Nacional de Águas no início deste ano, segundo o qual 32 milhões de pessoas no Sudeste correm risco de viver um colapso de abastecimento público.

    "Isso está no cotidiano das pessoas", disse Sérgio Ricardo.

    Para ele, os dois temas, desmatamento e água, estão diretamente relacionados com a mudança climática.

    "O brasileiro, ao demonstrar a preocupação com o desmatamento e com a contaminação dos recursos hídricos, está sinalizando uma preocupação também com as mudanças climáticas", declarou.

    O pesquisador alega que se trata mais de uma questão de nomenclatura, do que de foco, pois o termo "mudança climática" só ficou em evidência no país em meados dos anos 2000.

    Ele acredita que a situação tende a piorar pois, segundo ele, em função das políticas adotadas pelo novo governo.

    "Temos visto que o setor ambiental, no atual governo, está sendo desmontado, está sendo perseguido", lamentou o representante do movimento Baía Viva.

    Ele citou a "tentativa de criminalização de servidores do Ibama e do ICMBio", bem como a "pauta de flexibilização do licenciamento ambiental" como os sinais mais alarmantes de que a crise ambiental no país ainda está começando.

    Mais:

    Bolsonaro volta a atacar 'indústria das multas' ambientais
    Ministro do Meio Ambiente é acusado de bloquear contas de ONGs e ambientalistas no Twitter
    Governo Bolsonaro desiste de tentar enfraquecer lei ambiental do Brasil
    Tags:
    água, poluição, clima, meio ambiente, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar