13:19 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Porta-aviões norte-americano Abraham Lincoln ao lado de caças F-18 durante exercícios no golfo Pérsico

    Especialista revela como Irã pode se proteger de porta-aviões americanos

    © AP Photo / Hassan Ammar, File
    Análise
    URL curta
    14553
    Nos siga no

    Para se proteger de possíveis ataques norte-americanos, o Irã deve criar um sistema de defesa antiaérea escalonado adquirindo sistemas S-400 e Tor-M2 russos, em adição aos sistemas S-300 que já possui, acredita o especialista militar russo.

    Tal opinião foi expressa na segunda-feira (6) à Sputnik pelo especialista Igor Korotchenko, que comentou o envio de um grupo de porta-aviões americano para as águas próximas ao Irã.

    Anteriormente, foi relatado que os Estados Unidos estão enviando seu grupo do porta-aviões USS Abraham Lincoln e uma força-tarefa de bombardeiros para perto do Irã. Segundo declarou o assessor de segurança nacional dos EUA, John Bolton, o objetivo dessa medida é enviar uma mensagem a Teerã.

    "A única maneira para o Irã se proteger contra os ataques dos EUA é criar um sistema de defesa antiaérea escalonada. Teerã já tem sistemas de mísseis antiaéreos russos S-300. Também vale a pena considerar a possibilidade de se comprarem sistemas S-400", indicou ele à Sputnik.

    Ao mesmo tempo, o analista acredita que, para defender diretamente instalações importantes e agrupamentos de tropas, o Irã poderia adquirir sistemas de mísseis antiaéreos de curto alcance Tor-M2.

    Assim, o Irã poderia alcançar o sucesso em caso de uma agressão dos EUA, "usando todas as capacidades de um moderno sistema de defesa antiaérea escalonada", concluiu.

    O Tor é um sistema de mísseis superfície-ar de curto alcance projetado para atingir aviões, helicópteros, mísseis de cruzeiro, munições de precisão guiadas, veículos aéreos não tripulados e outras ameaças.

    As opiniões expressas nesta matéria podem não necessariamente coincidir com as da redação da Sputnik

    Mais:

    Vice-ministro: Irã vende petróleo em 'mercado cinza' para combater as sanções dos EUA
    Rússia continuará cooperando com Irã, apesar das ameaças de sanções dos EUA
    Irã responde a 'ultimato nuclear' dos EUA
    Análise: EUA tencionam provocar conflito militar com Irã
    Tags:
    tensões, bombardeiros, porta-aviões, Tor-M2, USS Abraham Lincoln, S-400, John Bolton, Igor Korotchenko, Irã, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar