21:50 20 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Uma explosão nuclear (imagem ilustrativa)

    'Rumores sobre Armagedom nuclear iminente são jogos políticos do Ocidente'

    CC0 / Pixabay
    Análise
    URL curta
    14210

    Na coletiva de imprensa anual, realizada hoje (20), o presidente da Rússia se mostrou esperançoso que a humanidade não dê chances para catástrofe nuclear. Em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, o analista Igor Nikolaichuk contou quem trouxe o "horizonte" da guerra nuclear para a cabeça das pessoas.

    Vladimir Putin se mostrou esperançoso que a humanidade tenha senso de autopreservação suficiente para não permitir uma catástrofe nuclear. A diminuição do limite da utilização de armas nucleares, ou seja, utilização tática, como sugerem alguns teóricos militares no Ocidente, pode levar a uma catástrofe global, ressaltou Putin.

    "Existe uma tendência de diminuição do limite de utilização [de armas nucleares]. Há ideia de criação de cargas nucleares de pequena potência. Já não é global, mas, sim, utilização tática", declarou o presidente da Rússia.

    Segundo ele, alguns políticos ocidentais até falam que "tudo bem, pode utilizar" armas nucleares. "Mas a diminuição do limite pode levar a uma catástrofe nuclear global", ressaltou Putin, ao responder pergunta de um dos jornalistas sobre a possibilidade de conflito nuclear hoje em dia.

    Igor Nikolaichuk, especialista do Centro de Pesquisas Especiais Midiamétricas no campo de segurança internacional, falou para o serviço russo da Rádio Sputnik que o Ocidente aplica uma política irresponsável em se tratando de armas nucleares.

    "A política irresponsável de alguns líderes dos principais países do Ocidente, principalmente dos principais países da OTAN, levou à aproximação do horizonte da guerra nuclear à opinião pública."

    De acordo com Nikolaichuk, "não há necessidade de arriscar as vidas de cidadãos. Rumores sobre Armagedom nuclear iminente são jogos políticos do Ocidente, que frustram a opinião pública para marcar pontos em suas esferas internas de influência. E esse é um dos fatores para introdução de guerra de informação contra a Rússia".

    O analista espera, assim como o presidente da Rússia, que as pessoas não percam a sensatez. Igor Nikolaichuk indaga "quem está pronto hoje em dia para sacrificar o futuro do mundo, o futuro de suas crianças, para resolver problemas com destruição garantida mútua".

    De acordo com ele, os políticos ainda não são tão loucos para se tornarem suicidas se dedicando de verdade a questões sobre guerra nuclear.

    Mais:

    Mídia: Reino Unido adota estratégia da Guerra Fria para combater 'ameaça' da Rússia
    Se EUA colocarem mísseis na Europa, Rússia vai responder à altura, diz vice-ministro
    EUA pretendem frustrar fornecimento de sistemas russos S-400 à Turquia, diz analista
    Tags:
    público, opinião, manipulação, nuclear, guerra, OTAN, Vladimir Putin, Ocidente
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar