14:21 19 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Sistema de mísseis de defesa aérea S-400 no ensaio da parada do dia da vitória em Vladivostok

    O que torna S-400 russos tão populares no mercado internacional? Especialista responde

    © Sputnik / Vitaliy Ankov
    Análise
    URL curta
    6321

    Que caraterísticas dos famosos complexos de defesa antimíssil russos S-400 atraem tanto os compradores estrangeiros? Especialista explica em detalhes.

    Os mísseis S-400, desenvolvidos na Rússia, são um armamento de alta tecnologia, cujas capacidades têm suscitado interesse em outros países, indicou o especialista do Instituto de Pesquisa de Paz de Estocolmo (Stockholm International Peace Research Institute), Siemon Wezeman, citado pelo canal de televisão Al-Jazeera.

    De acordo com o especialista, os S-400 são os sistemas de defesa antiaérea mais avançados do mundo.

    "Os radares e outros dispositivos de vigilância dos S-400, bem como seus mísseis, têm um vasto raio de ação. Os radares detectam alvos a 600 quilômetros de distância, e o alcance de voo atinge 400 quilômetros. Eles [complexos] possuem alta precisão, conseguem monitorizar grande número de alvos potenciais simultaneamente, inclusive aqueles que usam tecnologia stealth", destacou.

    Ademais, Wezeman afirmou que os S-400 têm um alto nível de mobilidade. Em alguns minutos, esses complexos são capazes de efetuar três operações: posicionamento, ataque e deslocamento para outro lugar.

    O especialista lembrou que tais países como Índia, China e Turquia já assinaram contratos de compra dos S-400 russos, ao mesmo tempo que estão sendo negociadas entregas com a Arábia Saudita e o Qatar.

    Wezeman afirmou que, apesar de ameaças de agravamento das relações com os Estados unidos, esses países não deixarão de comprar esses mísseis. Em particular, para a Turquia esse contrato é considerado um "projeto de orgulho", apontou.

    "O fato de a Turquia não se render aos EUA mostra que é dona de si própria e que pode desafiar os Estados Unidos e a OTAN".

    Segundo a lei norte-americana sobre sanções CAATSA, os EUA podem introduzir sanções contra os países que compram armas russas. O Departamento de Estado afirmou anteriormente que já tinha persuadido uma série de países a renunciarem a contratos com a Rússia.

    Mais:

    Índia optou por sistemas S-400 após processo de escolha escrupulosa, diz especialista
    Rússia e Índia celebram acordo de entrega de 5 sistemas S-400 russos ao país
    S-400 russos assumem controle total sobre espaço aéreo do mar Negro
    Para que é que Crimeia precisa de mais divisões de mísseis S-400?
    Tags:
    armas russas, compra, complexo de mísseis, acordo militar, S-400, EUA, Turquia, Índia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik