09:52 20 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Tanque T-72 em Lvov, Ucrânia

    Especialista militar diz que 'novo' tanque ucraniano não passa de 'história em quadrinhos'

    © Sputnik / Stringer
    Análise
    URL curta
    442

    O vídeo de um novo tanque ucraniano apresentado pelo presidente do país, Pyotr Poroshenko, causou comentários sarcásticos dos internautas. Em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, o cientista político militar, Aleksandr Perendzhiev, ressalta que as críticas podem ser verdadeiras.

    Internautas zombaram do vídeo de testes do tanque ucraniano T-72AMT publicado pelo presidente ucraniano Pyotr Poroshenko.

    O presidente escreveu no Facebook que "é o principal tanque de combate T-72AMT, que está passando por testes de fogo em polígonos militares".

    Alguns internautas se referiram ao fracasso dos tanquistas ucranianos nas competições Strong Europe Tank Challenge (Grande Desafio de Tanques Europeus) em abril.

    Outros usuários apontaram ao fato de que os tanques ucranianos são de fato uma versão modernizada dos blindados soviéticos.

    Algumas vezes, Kiev foi desmascarada por especialistas tentando apresentar elaborações soviéticas como novas armas ucranianas.

    Em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, o cientista político militar, Aleksandr Perendzhiev, declarou que a Ucrânia é incapaz de criar tanques supermodernos.

    "Para criar um bom tanque, é necessário ter dinheiro, boas tecnologias e construtoras fortíssimas. Além disso, é preciso testá-lo e, na melhor das condições, em combates reais. Todas as características tático-operativas de um tanque — alcance, força da armadura, velocidade, manobrabilidade — são importantíssimas na hora de combater. No que diz respeito à Ucrânia, ela cria com mais frequência, não tanques, mas 'blindagens', que andam e atiram. Mas não se pode falar sobre serem capazes de enfrentar quaisquer ameaças. Todos os tanques, que agora são criados na Ucrânia, não contam com tais características. Chances de criar tanques supermodernos são inexistentes na Ucrânia", frisou.

    Para ele, os ucranianos têm muita vontade de divulgar suas elaborações.

    "Há um tempo diziam estar produzindo mísseis. Parece que agora eles decidiram melhorar sua imagem, declarando que possuem novos tanques. Mas isso só resulta, de certo modo, em uma história em quadrinhos. Porque produzem algo muito barato e ineficaz, e o apresentam como sendo supermoderno. Por isso se colocam em uma situação engraçada", resumiu o militar.

    Mais:

    Em base abandonada na Ucrânia, são encontrados tanques preparados para combate (FOTO)
    Ex-militar explica o porquê da inutilidade dos tanques ucranianos T-84 Oplot
    Ex-presidente da Ucrânia encontra maneira de 'recuperar' Donbass para o país
    Tags:
    alcance, velocidade, recursos, tanque, T-72, Pyotr Poroshenko, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik