14:31 19 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Visitante com o produto na 8ª Exposição Internacional de Armas e Equipamentos Militares Milex 2017, em Minsk

    'Certamente, não é aquela arma que vimos em filmes de ação', diz analista do AK-47 a laser

    © Sputnik / Vitaly Zalessky
    Análise
    URL curta
    6153

    Previamente, a mídia local informou sobre o desenvolvimento do rifle "AK-47 a laser" por engenheiros chineses.

    "Ninguém saberá de onde foi realizado o disparo. Vai parecer um acidente", assinalaram os desenvolvedores do rifle.

    O especialista militar Aleksei Leonkov, em entrevista concedida ao serviço russo da Rádio Sputnik, comentou o trabalho dos engenheiros chineses.

    "É difícil classificar esse produto como uma arma. O laser tem limitações de alcance e para torná-lo em uma arma letal será necessária uma fonte de energia. Mas o laser pode ser usado como elemento para cegar, para neutralizar, por exemplo, meios óticos e elétricos presentes em tanques, veículos blindados de transporte de pessoal e veículos de combate de infantaria – todos eles usam esses dispositivos", disse.

    "O desenvolvimento é interessante, mas é bastante duvidoso em termos militares. Certamente, não é aquela arma que vimos em filmes de ação, onde os rifles a laser são usados em ações de combate", acrescentou Leonkov.

    Ele ressaltou que, assim que surgirem dados técnicos, será possível determinar para que finalidade essa arma foi projetada.

    Mais:

    National Interest desvenda capacidades de combate do porta-aviões mais caro do mundo
    Futuros porta-aviões nucleares da China podem ter 'coração' russo
    EUA revelam capacidades da arma nuclear que está sendo elaborada para 'conter a Rússia'
    Tags:
    arma a laser, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik