01:22 21 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Avião militar de transporte C-130J da empresa Lockheed Martin dos EUA

    O que está por trás do aumento da atividade de reconhecimento perto das fronteiras russas?

    © flickr.com/ Steven Straiton
    Análise
    URL curta
    12176

    Apenas durante uma semana, 16 aparelhos aéreos levaram a cabo atividades de reconhecimento perto das fronteiras russas, comunicou o Ministério da Defesa da Rússia. O cientista político Aleksei Podberezkin comentou estes dados na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik.

    16 veículos aéreos realizaram atividades de reconhecimento perto das fronteiras da Rússia no decorrer de uma semana, segundo o jornal oficial das Forças Armadas da Rússia, Krasnaya Zvezda.

    Segundo a edição, também foi efetuada uma intercepção e escolta por forças da defesa antiaérea, mas não foi registrada nenhuma violação do espaço aéreo da Rússia.

    Na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, o cientista político Aleksei Podberezkin, do Instituto Estatal de Relações Internacionais de Moscou, notou que as ações de reconhecimento perto das fronteiras russas se realizam constantemente, mas que aumentam nos períodos de agravamento das tensões.

    "Aumenta o número de voos automáticos, de drones — em especial daqueles que podem ficar por muito tempo sobre o território vigiado —, são corrigidas as órbitas dos satélites e, acima de tudo, são lançados novos satélites", comentou Podberezkin.

    Ele também salientou o seguinte: "O aumento das ações de reconhecimento mostra não só preocupação, mas também determinadas intenções da outra parte".

    Por exemplo, no ano passado os voos da aviação dos EUA e da OTAN aumentaram cerca de cinco a oito vezes em comparação com o ano anterior. Para o analista, isso significa que há "intenções agressivas da outra parte".

    Mais:

    Almirante norte-americano acusa Rússia de imitar ataques nucleares contra EUA
    OTAN fará exercícios de grande escala perto da fronteira da Rússia
    Eis como 'cisne branco' russo reabastece em pleno voo (VÍDEO)
    Tags:
    agressão, reconhecimento, avião, OTAN, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik