01:04 23 Junho 2018
Ouvir Rádio
    As teorias da conspiração condicionam as pessoas a terem uma visão mais ampla do mundo

    Teoria da conspiração: realidade ou mito?

    CC0 / Pixabay
    Análise
    URL curta
    1668

    Michael Wood, professor de psicologia da Universidade de Winchester (Reino Unido), em entrevista concedida à Sputnik Internacional, explica que não há uma única resposta para tais hipóteses.

    As respostas para o assunto, que podem ser variadas, estão relacionadas com o sentimento de controle, ou seja, quando a pessoa não compreende bem o que está acontecendo no mundo e não encontra soluções satisfatórias. Nesse caso, as teorias da conspiração ajudam a preencher esse vazio, explica.

    Devido à crescente influência de bilionários na política e economia global, começaram a surgir questionamentos sobre o modo de como o mundo está fluindo. 

    Em resposta à Sputnik Internacional, sobre a dúvida se os Illuminati são reais ou mito, o professor destaca que as teorias envolvendo os Illuminati foram um segredo até o final do século 18. Os Illuminati eram formados por um grupo clandestino com vários membros chamados de Illuminati da Baviera, na Alemanha. Com o tempo foram banidos pelo governo deste estado e desapareceram. 

    De acordo com ele, naquela época havia muitas teorias da conspiração relatando que os Illuminati eram secretamente responsáveis pela Revolução Francesa. Provavelmente, esse é um dos primeiros rumores que podemos reconhecer como teoria da conspiração. Com uma influência dessa proporção, as pessoas ainda continuam falando sobre Illuminati, mesmo não existindo há mais de centenas de anos.

    "Um dos exemplos mais clássicos é a conspiração judaica que atribui aos judeus a intenção de dominar o mundo […]", conclui Michael Wood.

    Respondendo à pergunta da Sputnik Internacional sobre outras teorias em destaque, o professor ressalta que existiram vários grupos secretos em certo momento da história.

    Mais:

    Maçons britânicos aguardam o dia para se declarar abertamente
    Tags:
    teoria de conspiração, Illuminati, Universidade de Winchester
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik