02:14 11 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Membros das forças de segurança do Hamas

    Chances do Hamas de desencadear nova Intifada podem ser limitadas

    © REUTERS/ Mohammed Salem
    Opinião
    URL curta
    A aventura da capital de Israel (39)
    570

    Avaliar o potencial do Hamas de organizar nova Intifada contra Israel é difícil por enquanto, pois o movimento tem muitos problemas, opina o diretor do Centro do Oriente Médio e Próximo do Instituto de Estudos Estratégicos da Rússia, Vladimir Fitin.

    Ismail Haniyeh, líder do Hamas, referiu-se à sexta-feira (8) como o "Dia da Ira" e começo da revolta em meio à decisão de Trump de reconhecer Jerusalém como capital de Israel.

    "Não é difícil despertar a 'rua' árabe, pois sentimentos anti-israelenses são propagados desde a infância. [São criados] na atmosfera do ódio. Sobre isso Israel tem falado muitas vezes – nas negociações sobre a resolução é preciso deixar de incitar o ódio contra Israel e a propaganda da necessidade de liquidar o Estado. Mas, por enquanto, é difícil prever início de nova Intifada. A população palestina é explosiva; sem dúvidas, palestinos podem se enfurecer, mas quão ativo esse povo vai extravasar, veremos em breve", disse Fitin à Sputnik.

    Ao mesmo tempo, notou o especialista, a oposição contra Israel sempre uniu movimentos palestinos.

    A Rússia e ONU já várias vezes apelaram para a solução pacífica do conflito árabe-israelense, condenando a violência entra as nações.

    A primeira Intifada (1987-1991) marcou a luta de palestinos contra a ocupação israelense dos territórios conquistados durante a Guerra dos Seis Dias de 1967.

    Em 2000, começou a segunda Intifada, depois da visita do premiê de Israel, Ariel Sharon, e de seus aliados ao monte do Templo. Mais posteriormente, a segunda Intifada entrou em calmaria, mas o ambiente na zona do conflito entre Israel e Palestina ainda é instável.

    Tema:
    A aventura da capital de Israel (39)

    Mais:

    Decisão de Trump destrói a solução de dois Estados e ameaça a paz, dizem palestinos
    Hamas ameaça EUA com nova intifada caso Trump transfira embaixada para Jerusalém
    Terra dividida: o que impede reunião entre judeus e árabes nos Territórios Palestinos?
    Tags:
    ódio, guerra, intifada, Guerra dos Seis Dias, Hamas, ONU, Palestina, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik