00:33 30 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Análise
    URL curta
    18616
    Nos siga no

    Segundo a mídia, oficiais turcos e israelenses pretendem se encontrar em breve para restaurar as relações bilaterais. Será possível que os dois países atinjam algum progresso, tendo em conta o incidente da balsa Mavi Marmara, o bloqueio da Faixa de Gaza e a intenção israelense de criar um gasoduto para a Europa contornando o território turco?

    O ex-deputado do parlamento turco, membro do comitê executivo do partido Saadet, Lutfi Yalman, afirma que agora a política turca está sob a pressão dos EUA. Ao mesmo tempo, as relações turcas com a Rússia, a Síria, o Irã, o Iraque e a Grécia têm um caráter muito tenso. Israel está interessado em exportar para o nosso mercado. Na sua opinião, foram estas as razões que explicam a necessidade de normalizar as relações bilaterais.

    Para a Turquia é muito importante que, depois do incidente da Mavi Marmara, o conflito entre o Exército da Defesa de Israel e ativistas do movimento Free Gaza Movement de 2010, Israel implemente as reivindicações em relação à Palestina, inclusive levante o bloqueio da Faixa de Gaza, permita prestar ajuda aos palestinos, recuse uma nova ocupação e etc.

    Entretanto, o político destaca que o processo de normalização das relações foi iniciado sem nada disso ter sido implementado.

    Yalman disse que Israel nunca terá confiança da Turquia porque é um país de maioria muçulmana e muitos muçulmanos turcos são muito sensíveis quando se trata do problema da Palestina. Além disso, a Turquia está preocupada com as ambições regionais de Israel. É por isso que o país decidiu construir o gasoduto em conjunto com a Grécia e não com a Turquia.

    O ex-parlamentar afirmou que Israel sonha com a ideia de criar o Grande Estado Israelense. Alguns territórios turcos fazem parte da Terra de Israel. Dentro de algum tempo surgirão tensões sobre este assunto entre os dois países. Por isso, Israel preferiu a Grécia. Este passo, na opinião do político turco, visa enfraquecer e desintegrar a Turquia para criar o Grande Israel.

    As opiniões expressas nesta matéria podem não necessariamente coincidir com as da redação da Sputnik

    Tags:
    opinião, relações bilaterais, incidente, Grécia, Turquia, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar