10:52 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    A sala de exposições da Universidade Federal de Extremo Oriente, onde foi realizado o Fórum Econômico do Oriente, em Vladivostok

    Participante brasileiro destaca importância do Fórum Econômico do Oriente Russo

    © Sputnik / Vitaliy Ankov
    Análise
    URL curta
    Fórum Econômico do Oriente em Vladivostok (27)
    151
    Nos siga no

    O Fórum Econômico do Oriente, realizado em Vladivostok, na Rússia, entre os dias 3 e 5 deste mês, teve, entre outras, a participação da Global Federation of Competitiveness Councils, representada por seu diretor-executivo, o brasileiro Roberto dos Reis Alvarez.

    A GFCC (Federação Global dos Conselhos de Competitividade) é uma entidade sediada em Washington, EUA.

    A seguir, a entrevista exclusiva concedida à Sputnik Brasil por Roberto Alvarez.

    Sputnik: Em que consistiu sua participação no Fórum Econômico do Oriente Russo?

    Roberto dos Reis Alvarez: Eu fui a Vladivostok como representante da GFCC, convidado pela organização do evento, e tive oportunidade de participar de diferentes sessões. Moderei uma sessão sobre Zonas Econômicas Especiais, um tema importante no mundo, um tema que a Rússia pretende desenvolver para o Oriente e do qual existem vários exemplos relevantes na Ásia. Tive oportunidade de moderar uma sessão que incluiu representantes do Governo russo, de empresas russas e de vários países da região – Coreia, Japão, Filipinas –, apresentando alguns de seus casos. Além disso, tive oportunidade de participar como um dos painelistas na mesa, no painel principal de abertura da conferência, logo após a fala do Presidente Putin. Eu tive a satisfação de me juntar a outros painelistas sob a moderação do Senhor Herman Gref, CEO e Chairman do Sberbank na Rússia, um importante líder do país, onde nós discutimos competitividade, aquilo que está sendo feito na parte oriental da Rússia. No meu caso, foi uma contribuição a partir de algumas referências internacionais com a experiência da GFCC, de alguns dos nossos membros. E por fim participei, no dia 5, de um dos painéis de fechamento em conjunto com governadores de nove territórios da Rússia, com o ministro para o Desenvolvimento Aleksander Galushka e outros líderes russos.

    S: O que o senhor observou durante o Fórum? A preocupação da Rússia é de fato desenvolver sua região do Extremo Oriente?

    RRA: Esta preocupação é evidente. O mundo presta muita atenção na Ásia-Pacífico, e a Rússia faz parte deste movimento. O Fórum teve participação muito grande de lideranças empresariais e governamentais de vários países da Ásia, e neste sentido foi uma iniciativa muito importante. Tratou-se do primeiro Fórum Econômico realizado em Vladivostok, um evento de grande envergadura, muito exitoso. Fiquei particularmente surpreso com a profundidade das discussões, a clareza, a abertura dos debates realizados sobre diferentes temas. Uma iniciativa muito promissora.

    S: O que o senhor destacaria na fala do Presidente Vladimir Putin?

    RRA: O Presidente Putin colocou duas questões principais, que estão na agenda mundial. A primeira delas está ligada à criação de novas formas de relacionamento entre o setor público e o privado. No caso específico da Rússia, a questão dos territórios especiais de desenvolvimento econômico, o porto de Vladivostok, trata de criar regimes jurídicos, formas de interação especiais entre o setor privado e o público. O segundo ponto também está na agenda de vários países e diz respeito à construção de uma economia do conhecimento. A grande questão hoje posta para os diferentes países é como fazer uma trajetória de competitividade que pode se iniciar baseada em recursos naturais, pode se iniciar baseada em fatores de produção competitivos, energia a bons preços mundiais, capital a bons preços, mas que cada vez mais a longo prazo migrem para uma trajetória de competitividade baseada em conhecimento, inovação, diferenciação, criação de valor. Foram dois pontos importantes, e eles estão sendo, de alguma forma, endereçados àquelas que são as iniciativas empreendidas no Leste da Rússia.

    As opiniões expressas nesta matéria podem não necessariamente coincidir com as da redação da Sputnik

    Tema:
    Fórum Econômico do Oriente em Vladivostok (27)
    Tags:
    Fórum Econômico do Leste, Fórum Econômico do Oriente, GFCC, Sberbank, Sputnik, Roberto dos Reis Alvarez, Aleksander Galushka, Herman Gref, Vladimir Putin, Ásia-Pacífico, Vladivostok, Filipinas, Ásia, Coreia do Sul, EUA, Japão, Washington, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar